Dia: 23 de Mai
  • Zen Online

Artistas & Espetáculos

Um vasto conhecimento com mais de 40 anos de atividade no mundo do espetáculo, designadamente, cantores (as), bandas musicais, músicos a solo e outros projetos artísticos, garantem-nos qualquer capacidade quanto à produção, realização e programação artística.

Teresa Tapadas

Tratara-se de uma fadista nacional com vários discos gravados, espetáculos por todo o país e estrangeiuro, atiuações em casinos, hotéis de "5 estrelas" e muitos programas de televisão, rádio, auditórios e festas populares.

Canta ao vivo, acomopanhada por orquestras, conjuntos musicais e guitarristas conforme os contratos.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Ana Laíns

Artista com repertório versátil, mas é no fado que tem mais notoriedade a nível nacional.
Vários anos de experiência artística pelos palcos do país e estrangeiro, alguns sucessos em disco, programas de televisão, atuações em casinos, incluindo nos Casinos do Algarve, hotéis e concertos nos melhores auditórios e espaços nacionais.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos.
Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Luísa Rocha

Fadista com carreira de sucesso e com um disco muito recente “Fado Veneno” que está a alcançar um grande êxito.
Tem atuado regularmente em casinos, hotéis, auditórios, quer em Portugal como o estrangeiro e ainda nas melhores casas de fado de Lisboa, por onde, aliás, passam todos os fadistas que se prezam.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

917630 870

Filipa Sousa

Cantora algarvia de dimensão internacional, vencedora do Festival da Canção Nacional e participante no Festival da Eurovisão em 2013, com repertório que vai da canção ligeira à balada e fado. Tem atuado por todo o país e nas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, desde casinos, hotéis, auditórios, festivais e festas populares. 
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos. 
Contratos e condições caso a caso conforme data e local de atuação.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Raquel Peters
Raquel Peters pertence ao grupo das artistas consagradas na área do fado. 
No seu currículo estão cerca de dez anos de estudos musicais nas disciplinas de canto, piano e formação musical nos Conservatórios de Música de Faro e de Albufeira. 
As suas atuações levaram-na além-fronteiras, designadamente, a países como Brasil, Austrália, Cabo Verde, França e Espanha.
Em 2004, participou no especial televisivo da RTP 1 “Amália… É impossível esquecê-la”, a partir do Panteão Nacional. 
No mesmo ano, é editada a compilação “Divas do Fado Novo”, onde marca presença com os temas “Ó alma” e “Lisboa de encontro”, juntamente, com Ana Laíns, Ana Moura, Ana Sofia Varela, Cristina Branco, Katia Guerreiro e Mísia.
Um ano depois, com 21 anos, venceu, em Lisboa, a Grande Noite do Fado da Casa da Imprensa. 
Paralelamente à música, formou-se, em Psicologia Clínica, desempenhado as funções de diretora clínica na Delegação de Olhão da Cruz Vermelha Portuguesa.
Raquel Peters é uma das artistas algarvias mais requisitadas na região, sendo de assinalar as suas presenças regulares nos três canais generalistas da televisão portuguesa, em muitos espetáculos no país e também com várias presenças nos Casinos do Algarve e sempre do agrado do público.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Sara Gonçalves

“Sara Oliveira Gonçalves nasceu na Fuseta, terra piscatória e de cantores, e relembra que: “Na minha rua, onde brincava à macaca e ao “esconde esconde”, passava noites a fios à porta das vizinhas a apresentar programas televisivos e a cantar-lhes o que sabia”. 
Em criança era filmada por estrangeiros, apreciada pelos amigos, “era feliz e acreditava que artista era isto de cantar para os outros e de os ver embevecidos a darem-me aplausos e atenção”.
Aos seis anos de idade, tornou-se séria a brincadeira, e subiu pela primeira vez ao palco no dia 11 de Agosto de 1996, no Largo da Fuseta numa festa de Verão, onde juntamente com o Domingos Caetano, dos Iris, na viola, cantou a “Lenda da Fonte”, fado este que foi incentivada pela bisavó materna a aprender.
A partir daí começou a integrar “Marchas Populares”, “Janeiras”, Teatro e a concorrer aos concursos de Fado Amador no Algarve. Em 2008 gravou o primeiro álbum “Sonhos”, seguiram-se espetáculos no Luxemburgo e Espanha, e levou o fado a outros países das comunidades portuguesas. Fez sucesso no “Bravo-Bravíssimo”, nos “Principais”, no “Festival da Canção do Sul. Em 2010 concorre ao “Nasci para o Fado” de Filipe La Féria, e comprovou que o “sonho comanda a vida”. 
Seguiram-se contratos em Roma e noutros países e sempre a cantar pelo Algarve e, ainda tempo para uma licenciatura e mestrado em Psicologia Educacional. Entre muitos espetáculos ele um no palco da Aula Magna com o grupo do que fez parte “ Sara Gonçalves & os Alma”, e atuar no 25º aniversário da Convenção Ibérica da Yamaha.
Para além de ser uma das artistas mais conhecidas no Algarve e fazer parte do TOP da nova geração do fado em Portugal, exerce a atividade de psicóloga educacional em Faro.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Isa Brito

É uma fadista algarvia, Quarteira, e das mais conhecidas na região. Além de cantar a solo, é uma das artistas que canta desde o início no projeto AL-MOURARIA, com os quais já percorreu o país e alguns países do estrangeiro, sendo, igualmente, presença assídua em programas de televisão de vários canais.
Isa Brito tem vários discos gravados como solista ou integrada nos AL-MOURARIA e, entre os palcos em que habitualmente canta, destacam-se os Casinos do Algarve, os melhores hotéis da região e em todos os auditórios municipais, bem como nos festivais de verão.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Inês Graça

Iniciou-se a cantar o fado e a concorrer aos concursos de fado amador muito jovem e, também a vencer os mesmos e a tomar o sabor dos aplausos do público.
Faz parte de uma nova geração de fadistas algarvios com atuações por todo o país e estrangeiro, e nos casinos, hotéis e auditórios nacionais.
Inês Graça é uma das cantoras residentes dos AL-MOURARIA.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Inês Gonçalves

Artista multifacetada, de Moura, Alentejo, mas que adora o Algarve, onde vem com muita frequência participar em espetáculos. 
Iniciou-se, também, muito jovem nos concursos de fado amador e obteve alguns primeiros lugares.
Faz carreira como fadista e, igualmente, corre o país e o estrangeiro a cantar e sempre que requisitada vem ao Algarve.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Cremilde

A fadista de Alvor, como é conhecida, começou na antiga Adega da Torralta, onde brilhou alguns anos. 
A fama de cantar bem catapultou-a para Lisboa e resto do país, onde granjeou mais fama e prestígio.
Seguiu-se o estrangeiro e as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, no entanto, nunca deixou de viver em Alvor com vista para o mar.
É, hoje em dia e, há muitos anos a fadista com mais espetáculos realizados e a mais internacional.
Cremilde foi casada com Valentim Filipe e mãe de Tiago Pinto, guitarrista como o pai e excelente cantor em português como a mãe.
Canta ao vivo e acompanhada por orquestras, bandas musicais e guitarristas de acordo com os concertos.

Informações e condições caso a caso.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Teresa e Pedro Viola

Pedro Viola é dos fadistas mais conhecidos no Algarve e não só, a partir do ano de 2006, em que venceu no Coliseu dos Recreios a “Grande Noite de Fado de Lisboa”. 
A partir daí, tem percorrido Portugal e o estrangeiro, designadamente, Espanha, França, Bélgica, Alemanha e outros países. Tem no ativo a gravação de três trabalhos discográficos e um DVD.
Teresa Viola, irmã de Pedro, começou nos grupos de folclore de Moncarapacho, bem como o irmão, foi vocalista de conjuntos de baile, mas desde criança que canta o fado.
Há mais de uma década que se dedica a tempo inteiro ao fado e pela sua maneira de se apresentar em palco, conquista os aplausos do público e deixa bem patente a qualidade de uma verdadeira fadista.
Pedro Viola e Teresa Viola apresentam-se em espetáculos a solo e também a duo a cantar, onde os dois fadistas alternam temas a solo com alguns duetos.

Informações e condições caso a caso.

joaopinaespetaculos@hotmail.com

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time