Dia: 21 de Jul
  • Zen Online

Lagoa eleita pela AMPV como Cidade do Vinho 2016

Com o apoio e a parceria de uma centena de entidades de toda a região algarvia, a Câmara Municipal de Lagoa apresentou a candidatura a “Cidade do Vinho 2016”, promovida pela AMPV - Associação de Municípios Portugueses do Vinho, no passado dia 22 de outubro.

 

 
No dia 24 de novembro, reuniram no Museu do Vinho no Cartaxo, o Conselho Diretivo e a Assembleia Intermunicipal da AMPV, com o objetivo de apreciar as candidaturas apresentadas pelos Municípios de Lagoa, Silves, Ourém, Ponte de Lima e Santa Marta de Penaguião, zonas fortes no espetro vitivinícola português.

 
Todas candidaturas de referência, tendo sido realçada a do Município de Lagoa, que mereceu por parte dos órgãos sociais da AMPV 50% dos votos, elogiando o trabalho desenvolvido, não só na divulgação da sua região vitivinícola mas também na promoção do vinho nacional em diversos eventos, nomeadamente no “Lagoa Wine Show” – com o sucesso que lhe foi atribuído – e na Fatacil. Esta eleição representa o reconhecimento do esforço, dedicação e trabalho realizado por uma equipa multidisciplinar da autarquia ao longo de 2015, “Ano do Vinho e da Vinha – Lagoa, Sabor da Cultura”.
Considerando que a ligação ancestral do Concelho à produção agrícola em geral e à vitivinícola, em particular, é um legado que importa preservar e potenciar, a Câmara Municipal de Lagoa pretende, no âmbito da “Cidade do Vinho 2016”, contribuir para valorizar a riqueza, a diversidade e as caraterísticas comuns da cultura do vinho e de todas as suas influências na sociedade, paisagem, economia, gastronomia e património.
No passado laboravam na cidade várias adegas, mas a partir da década de 1970, após o abandono quase total das vinhas, a produção de vinho em Lagoa sofreu um decréscimo, o que hoje em dia já não acontece, uma vez que se tem verificado, particularmente ao longo da última década, um crescimento do setor vitivinícola, quer em termos de quantidade quer de qualidade, sendo os vinhos de Lagoa distinguidos com vários prémios nacionais e internacionais, pois o Concelho tem conseguido reunir condições de atratividade para os produtores se instalarem.
Os Municípios candidatos a “Cidade do Vinho” tiveram de elaborar um programa anual de ações culturais, de formação e sensibilização ligadas ao vinho, com visibilidade nacional, explorando as suas particularidades e dando provas de criatividade. Para além dos eventos obrigatórios decorrentes da distinção – a Gala do Vinho e a eleição da Miss Vindimas – Lagoa irá realizar várias iniciativas ligadas ao setor e às áreas da cultura, educação e ambiente, entre outros.
Depois da comemoração da vitória na candidatura, segue-se o tempo do trabalho e, assim, já em janeiro, o Centro de Congressos do Arade, no Parchal, irá receber a comemoração do Dia de Reis com um programa a ser anunciado brevemente.
Modificado emquinta, 31 dezembro 2015 11:00

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time