Dia: 21 de outubro

Comandante do “Seven Seas Explorer”- maior navio do mundo - cancela visita a Portimão

O navio de cruzeiros de luxo, “Seven Seas Explorer”, da frota “Regent Seven Seas Cruises” considerado a maior embarcação a entrar no Porto de Portimão, até aos dias de hoje, com a chegada prevista para o dia 27 de agosto, no entanto e, embora, muito anunciada, acabou por não se concretizar a cem por cento.

Se bem que, e segundo, António Manuel Macedo Silva, estivessem reunidas todas as condições para que esta operação se realizasse, o comandante do “Seven Seas Explorer” cancelou a escala em Portimão, defraudando, assim, as muitas expectativas criadas com esta visita”.
O navio fundeou em frente à Praia da Rocha e fez desembarcar elementos do staff relacionado com as excursões, mas, o comandante decidiu cancelar a operação.“A APSA havia preparado esta visita com muito cuidado, procedendo a uma decoração muito apelativa no terminal de cruzeiros, com muita sinalética e um poster de grandes dimensões da cidade e com diversas fotos de escalas de navios de cruzeiro em Portimão”, adiantou a mesma fonte.

Era a primeira escala do cruzeiro de 6 estrelas “Seven Seas Explorer”, que devia ter ancorado no Porto de Portimão, foi cancelada à última hora pelo comandante do navio do operador “Regent Seven Seas Cruises”. Já José Pedro Soares, membro da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) declarou: “No mar e em terra, estava tudo preparado, pelo que o navio não entrar no porto foi um verdadeiro balde de água fria”, acrescentando, porém, “A decisão do comandante é soberana, mas só temos a lamentá-la”. Segundo, fontes fidedignas, o comandante do navio invocou razões ligadas às condições do mar para não fazer a tão esperada primeira escala deste luxo no Porto de Portimão, todavia, a mesma fonte junto da operação marítima - apesar do Sueste, as condições de mar, de vento, da maré, eram propícias à entrada do navio – e, ainda, José Pedro Soares, sublinhou: “Por se tratar de um navio muito mediático e de grande luxo, a APS tinha garantido todas as condições de segurança e técnicas para a operação”.

Segundo, José Casimiro, Diretor Executivo na Associação de Turismo de Portimão: “Apesar dos dois Pilotos da Barra terem ido a bordo e confirmado ao Comandante de que o navio podia entrar e manobrar na bacia, este achou que não e, que as embarcações levavam muito tempo para transportar os passageiros para o porto e vice-versa”, adiantando, ainda o mesmo dirigente. “Foram criadas todas as condições com autocarros e guias contratados, nova decoração no Porto, visita a bordo com trocas de prendas etc. etc., mas o Comandante decidiu que não e, como ele é quem manda, acabou por se ir embora com um enorme prejuízo para o armador que só para um dos rebocadores vai pagar 7.800 euros”.

O “Seven Seas Explorer” foi batizado pela princesa Charlene do Mónaco, é um navio “espaçosamente íntimo, com uma elegância de tirar o fôlego e com o staff perfeito para a marca especial de luxo ‘all-inclusive’ da Regent Seven Seas Cruises”, informou a companhia de navegação, adiantando: ”Para refeições, o navio tem opções que concorrem que os melhores restaurantes em terra”. O navio dispõe ainda de varanda em todos os camarotes, um Spa e um centro de fitness, atividades diurnas e noturnas, excursões gastronómicas nos portos por onde passa, entre outros serviços”.

No entanto, tudo ficou, assim, defraudado o que podia ter sido um dia histórico para o turismo de cruzeiros em Portimão, sobrando, aos responsáveis por esta área de negócios de turismo e, sobretudo, de navegação e olharem com seriedade para os portos de Portugal, e lutarem, sobretudo, para que o porto da capital do barlavento algarvio possua as melhores condições para num futuro próximo receber os grandes navios de cruzeiros e implementar mais o turismo algarvio.

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time