Dia: 17 de Out

António Chainho no “Serões da Primavera”

 

Integrado nos ciclos de música “Serões da Primavera” e “Sextas da Primavera” realiza-se, no dia 05 de maio, pelas 22h00, na Casa do Povo de Santo Estêvão, o concerto de António Chainho em Trio.

Guitarrista e compositor, António Chainho é reconhecido internacionalmente e considerado o Mestre da guitarra portuguesa.

A sua carreira conta com sete álbuns editados em nome próprio e um DVD “Ao Vivo no CCB”. Partilhou interpretações com nomes reconhecidos do panorama musical, nomeadamente, Fernando Alvim (viola de Carlos Paredes durante cerca de 25 anos), Gal Costa, Fafá de Belém, María Dolores Pradera, José Carreras, Adriana Calcanhotto, Saki Kubota, Elba Ramalho, Sonia Shirsat, Remo Fernandes e Nina Miranda.

Artista completo, guitarrista e compositor profícuo, Chainho é o exemplo vivo de como o talento, a perseverança e a solidariedade - em forma de cumplicidade - moldam a vida de um homem e com ele a história da música popular.

De acordo com a revista internacional Songliness “Se a guitarra portuguesa é um símbolo de um país, Mestre António Chainho é hoje o seu mais notável embaixador. Herdeiros de uma singular tradição, os mais de 50 anos de carreira de Mestre António Chainho interpretam e traduzem as múltiplas emoções deste instrumento único no mundo e o talento inigualável de um dos ‘50 músicos mais influentes da World Music’”.

“Serões da Primavera” integra o programa “Viva a Primavera”, promovido pela Câmara Municipal de Tavira com o apoio das associações culturais do concelho. Este conta, ainda, com o apoio da Junta de Freguesia da Luz e Santo Estêvão e da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time