Dia: 20 de Ago

"Staring at the sea, staring at the ocean", de Pedro Noel da Luz Guerreiro (KameraEskura) de 20 de janeiro a 22 de Abril, Forte Ponta da Bandeira - Cais da Solaria - Lagos

Exposição de fotografia a cor, alusiva ao tema do mar e ao encanto, temor e respeito que ele exerce sobre as pessoas. O mar visto como elemento de encantamento, temor, alienação, encontro com os nossos pensamentos, entre outras emoções suscitadas. O artista faz a analogia entre o mar e a mente humana, como local onde nos perdemos, mas também onde nos podemos encontrar.

“"Staring at the sea, staring at the ocean" é uma serie de fotografias que eu comecei a fazer há mais de um ano, em várias praias do Algarve e em outros locais de Portugal.
Eu sempre achei interessante e observei várias vezes pessoas à beira-mar, sentadas na areia junto, outras nadando nele e outras apenas junto ao mar sentados num banco olhando para aquela imensidão de água, e eu pensava para mim mesmo "o que eles estarão pensando?", "O que estarão sentindo?" "O que se passa na mente e no espírito deles quando olham para ele?”.
Eu acho que o mar tem algo hipnótico que transmite calma, mas às vezes alguma preocupação e ansiedade e em situações mais extremas o mar torna-se violento com grandes tempestades. Talvez haja uma ligação entre o mar e a natureza humana. A mente humana é como um oceano enorme por onde navegamos pelos nossos pensamentos. Às vezes perdemo-nos neles. Outras vezes somos salvos deles...
Todos nós temos o nosso próprio oceano para navegar e chegarmos a um bom porto”.

Este trabalho foi nomeado na categoria de "People" Profissional na 3ª edição do "Fine Art Photography Awards" (FAPA) 2017.”

 

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time