Dia: 17 de Nov

Tributo ao “Gordo Vítor Mendes e ao Fernandinho herdeiro de muitos quilos” Destaque

 

(...) "Caso, contrário, mandata-se Fernando Mendes, que vai lá e traz meia dúzia de “Camiões Tir” carregados de subsídios pra aliviar os males dos "Tornados" do Algarve (...).

João Pina

Carteira Profissional de Jornalista

Os ponteiros do relógio assinalavam 19,26 horas, instalei-me na minha poltrona/sofá da sala/galeria d' arte mal acabada, ou amanhada por defeito d'origem do vivedor de madrugadas sem horas e, lá está o gordo filho d' outro gordo, também amigo, que já foi, na sua hora à "hora de preço certo".

Há 45 anos do "troca o passo da volta atrás" a esta hora, o gordo vivo é o Fernando Mendes, com quem, quase andei ao colo; o gordo que já se foi, o Vitinha, Vítor Mendes, ele devia de ter sido o CinquenVintão com os seus 150 quilos, porquê Vitinho, assim, como o Nandinho que é o Nandão mandão à hora certa com peso certo, também, com 150 quilos mais "super Iva...".

O pai, “Deus o tenha no grande refeitório dos céus”, quando viajava pra e dos espectáculos, comigo, pesava 150 quilos mais 50 quilos de ofertas à base de presuntos, chouriços, queijos e garrafões de vinho, daqueles de vidro empalhados; já o querido, Fernando, de regresso, viaja com um pequeno armazém de lembranças.
Faz parte do cachet, depois dos espetáculos segue-se a colheita de donativos que o algarvio de Messines, Paulo Martins, se encarrega de selecionar e carregar nos porta bagagens dos carros/carrinhas.
Espetáculo! - Digo eu, pensando, nos chouriços que o Presidente da Junta de Freguesia de Armação de Pêra pensará dar ao Gordo, filho d’ outro Gordo... no próximo verão.

Que grande chouriçada!

Que escrevi nestes 30 minutos, na plateia pessoal numa hora real, pertença dos pacíficos e pacientes idosos telespectadores da televisão pública, paga por todos nós e patrocinada pelos "LIDLE".

Porra!

Lá vêm as notícias dos "Tornados" no meu Algarve - aquilo foi uma ventanera que levou as alfarrobeiras e os acampamentos dos ciganos - foi tudo, diz o amigo, Steven Piedade, da Junta de Freguesia de Montenegro; agora, até dará jeito, pensa outro amigo, Bacalhau, Presidente da Câmara de Faro, que não recebeu nada à «pala» dos incêndios de verão e depois dos de Outubro - o "Tornado" levou daqui, da Praia da Ilha de Faro, algumas residências, uma da minha família de Montenegro; desalojou famílias de ciganos e, estes não perdoam, até serem indemnizados; o Governo vai ter de abrir os cordões à bolsa da geringonça, pensa, Bacalhau; os ciganos e os seus familiares vão "tornadar" muitos bacalhaus, não da Noruega, mas, de Bruxelas, com a cunha doutro amigo, Apolinário, doutorado na pesca do peixe graúdo da União Europeia (EU); caso, contrário, mandata-se Fernando Mendes, que vai lá e traz meia dúzia de “Camiões Tir” carregados de subsídios pra aliviar os males dos "Tornados" do Algarve.

E o Pivot da RTP1 - narigudo, alto e magricelas escritor de milhões - dá a palavra ao senhor Costa, que fala sobre a "co-finance" europeia - conversa de 500 milhões e da treta, como quem fala do preço da laranja; o prof. Presidente, de boina à moda do Celorico da Beira vai avisando que esta chuva não chega para diluir as dificuldades da seca - sem selfies que chatice de notícias - vou fazer um intervalo para ir ao WC e abrir o frigorífico pra ver se tenho pipocas, sim, por que estou na hora do meu filme de notícias falsas sobre o “Portugal dos pequeninos e das suas lamurias”.

Mudo de canal e, dou de caras com Miguel Sousa Tavares, advogado sem cátedra, escritor filho de mulher poeta galardoada, ele jornalista repórter viajante, hoje, comentador acomodado e bem pago – desculpa, Miguel, que me entrevistaste em tempos na RTP 1, mas não tenho pachorra para te ouvir falar do teu “Puerto”, nem sei se falaste; agora, estou na “4” e com as notícias vermelhas, mas, da cor da “passadeira” e da “Dior”, já vale a pena tanta publicidade; (…) E, como é tempo de ir regar as couves. Ah! Não! A horta jardim galeria ao ar livre está encharcada de água sem “Tornado” – como é bom viver nos “Montes Mourinho”, de Armação de Pêra.

Pra já, vou à minha Tasca pessoal, lá dentro na cozinha e, depois vou-me aos meus filmes reais travestidos de ficção, mas, sempre pronto a escrever mais devaneios madrugadores…

Bati à porta do Cinema Paraiso, esperei e abriu-se, entrei sem bilhete, para quê?

O sofá, velho, esfarrapado sorriu ao freguês de tantos anos de horas tardias que aparecia regularmente.

Sentei-me, o freguês sou eu, habituado a empatar horas pra dormir.

Com o dedo indicador, enxergo no menu dos filmes, talvez, dê com uma fita galardoada, hoje é Noite dos Óscares e da revolta do assédio.

Está na moda as gajas do cinema que subiram nas carreiras na "horizontal", de "joelhos", ou de "cócoras" e que, agora, ganham milhões nos filmes, bufarem que os produtores já velhos e hoje tesos, as assediavam - ou eram elas que se punham a jeito - para conseguir um papel no filme?

É, óbvio, que a maior parte dos homens com dinheiro, presidentes de qualquer-merda, patrões vindos do nada, assediam secretárias, empregadas a torto e a direito; políticos fazem-se às assessoras e chefes de gabinetes; as "senhoras do poder, executivas e diretoras gerais não ficam atrás e "comem" motoristas e assessores como depenam as pizzas à pressa ou os Macdonald's em três dentadas.
Aliás, hoje, em dia, são elas que assediam os aspirantes a atores bonitões para as levarem a passear até às Suites do 27º andar dos hotéis recheados de estrelas...

Assédio!
Ainda, na sexta-feira fui assediado. numa determinada festa e, também, outro amigo com 80 anos; aguentamos-nos, velhos e usados, mas não loucos... e não dissemos nada - a carteira estava de pantanas - também, não havia assédio que fizesse carreira.

É, isso mesmo, amigos e amigas, como costumo dizer - malandro não estrilha, muda é de esquina - enquanto tal e, já me aconcheguei no sofá, vou ver um filme da madrugada sem sexo no enredo, mas com corrupção, policias e políticos que é o sue está a dar no cinema e na vida real.

Acomodem-se e tenham uma boa noite.

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

voltar ao topo
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time