Dia: 22 de Out

Social (10)

Jantar de ano novo do “Restaurante e Danceteria Barca Velha”

Jantar de ano novo do “Restaurante e Danceteria Barca Velha”

João Pina

Carteira Profissional de Jornalista Nº 4 408

Virgílio Sequeira encerrou o “Restaurante e Danceteria Barca Velha” a partir das 19,30 horas, da segunda-feira, 8 de janeiro e, viajou com os empregados dos dois espaços, artistas, alguns amigos e fornecedores até ao “Restaurante A Charrete” da sua terra, Monchique.

A noite estava fria, chegando aos seis graus, no entanto, chegados ao carismático restaurante da cidade mais alta do sul do país, o ambiente era acolhedor e os cerca de 30 convidados de Virgílio Sequeira depressa aqueceram a alma e o corpo com as muitas e variadas entradas e vinhos à descrição nas mesas da “Charrete”.

Uma noite inesquecível para o boss da melhor Danceteria do Algarve e respectivo restaurante “Barca Velha”, que recebeu várias manifestações de amizade, carinho e de amor até depois da 01,00 da madrugada.

Um jantar repleto de emoções fortes, daquelas de fazer corar as pedras da calçada – ou seja, discursos afleumados, espontâneos – quiçá, hoje de palavras arrependidas pelo excesso do fervor do coração, mas que, Virgílio Sequeira, também com um coração muito grande e humano, decerto perdoou num instante, porque a razão está do seu lado e, por ser quem é, gera amores desencontrados, por vezes de inveja.

Uma noite com músicos, trabalhadores de hotelaria, produtores vinícolas, profissionais de segurança, gestores, todos irmanados no espírito ganhador da ”Barca Velha” e onde estiveram presentes:

Sílvio, Ana Marques, Dora Miquelino, Cláudia Conceição, Eurizene Fernandes, Paulo Silva, Edgar Marques, Humberto Silva, Miguel Correia, Roberto Bernardino, Miguel Rodrigues, João Pina, António Francês, João Antunes, Sérgio Gonçalves, Eduardo Santos, Márcio Dias, Márcio Vitelo, Mário Sequeira, Maria Silva, Tito Camacho, Maria Candeias e, obviamente, Virgílio Sequeira.

Por último e em nome de Virgílio Sequeira, um muito obrigado ao proprietário da “Charrete”, e ao staff pelo esmerado serviço de restauração e da qualidade gastronómica servida.

Ver mais imagens em baixo na galeria:

Ler mais ...

Jantar Vínico” com os “Vinhos Cabrita” no “Restaurante e Danceteria Barca Velha” a 17 de novembro de 2017

O “Restaurante Barca Velha” é, cada vez mais o espaço gastronómico e vínico, escolhido pelas empresas, clubes desportivos e associações e grupos de amigos e de familiares para as suas festas ou de apresentações de produtos e serviços. Desta feita, na sexta-feira, 17 de Novembro, a “Algarve Views” organizou um Jantar Vínico para degustação dos “Vinhos Cabrita”, o qual decorreu com a presença de 50 pessoas.

A noite iniciou-se pela degustação propriamente dita na esplanada coberta do restaurante a partir das 20,00 horas até que os convidados chegassem, após o que se passou ao interior do restaurante onde as cadeiras e mesas excelentemente decoradas foram ocupadas pelos convivas a esta noite de sabores vinícolas dos “Vinhos Cabrita”.

Com música ao vivo pelos exímios instrumentistas, Jorge Alves e Mauro Mestre foram servidas as entradas à base chouriça assada, presunto de Monchique, queijos regionais, manteigas, azeitonas e depois o jantar, onde do menu constavam: filetes de peixe com camarão, bacalhau à Barca Velha e costeletas de borrego, bem acompanhado de “Moscatel, Cabrita Rosé, Cabrita Branco, Cabrita Negra Mole e Cabrita Tinto”.

Foi uma noite muito agradável com este Jantar Vínico, que além de Virgílio Sequeira, responsável pela “Barca Velha” e Andreia Ferreira e Cátia Campos, da “Algarve Views”, ainda, os músicos Jorge Alves e Mauro Mestre, os anfitriões do evento que explicaram a elevada qualidade dos vinhos servidos e responderam a todas as questões vinícolas formuladas pelos participantes no repasto, foram o enólogo, Dinis Gonçalves e o produtor, José Manuel Cabrita.

 

Em, nome da gerência e do staff, parabéns à iniciativa e aguarda-se por mais…

Ver mais fotos em baixo na Galeria de Imagens

Ler mais ...

François Martin comemora aniversário com os amigos do “Clube dos Veículos Clássicos do Barlavento”

François Martin, o francês do Excalibur comemora aniversário com os amigos do "Clube dos Veículos Clássicos do Barrlavento"

François Martin e esposa, franceses de Paris, encontraram a felicidade no Algarve, onde residem próximo de Almancil, desfrutando das reformas douradas e de outros rendimentos. O casal está cada vez mais apaixonado pelo clima, natureza, praias e, sobretudo, pela hospitalidade dos algarvios, festejando, François Martin no passado dia 20 de agosto o seu aniversário na companhia de cerca de 20 amigos enamorados pelos automóveis clássicos como ele que é, aliás, conhecido como o francês do Excalibur.

François Martin e a esposa são presença habitual nos encontros de automóveis clássicos que se realizam em Armação de Pêra no primeiro domingo de cada mês, sendo, igualmente, membros do “Clube dos Veículos Clássicos do Barlavento” e ao volante do seu potente Excalibur espalham a cobiça dos fãs das relíquias dos automóveis com mais de 50 anos e que ainda se encontram em bom estado.

François Martin escolheu, assim, para festejar o aniversário na companhia da esposa, Armação de Pêra e o “Restaurante Novo Almadrava” para passar uma boa parte do dia na companhia dos amigos dos clássicos.

Ler mais ...

Os “Clássicos Automóveis” subiram ao alto da Foia em Monchique

Realizou-se no passado dia 16 de outubro, o “Passeio de Outono Algarve 2016”, com organização do “Clube Português de Automóveis Antigos”, com apoio dos “Amigos dos Veículos Clássicos do Barlavento”, sediados em Armação de Pêra e, ainda, da Junta de Freguesia de Armação de Pêra e da excelente recepção da Câmara Municipal de Monchique e do Macdonald Monchique Resort & SPA e, finalmente, com a direção e coordenação geral de Luís Brito.

 Texto e fotos: João Pina

 Carteira Profissional de Jornalista Nº 4 408

O passeio teve a participação de cerca de 60 viaturas de “clássicos”, vindos um pouco de todo o país, envolvendo, entre condutores e familiares, alguns convidados e imprensa, mais de 120 pessoas, num percurso de 70 quilómetros.
O dia de outono, ainda, com restos de verão algarvio, ofereceu condições climatéricas de uma excelência paisagística que convidava os participantes a viajar em marcha moderada.
O casario rupestre à vista com casebres e alfaias agrícolas por perto, contrastava com vivendas vistosas e hortas feitas jardins floridos, habitadas por aposentados estrangeiros aportados ao Algarve profundo fertilizador de paz de espírito para viver.

 Além, da vertente desportiva e de lazer, o passeio teve o mérito de proporcionar aos amantes dos "clássicos" a oportunidade de arregalar os olhos perante o alcance dos olhares pelos socalcos da serrania monchiqueira.

Desde a partida de Armação de Pêra, pelas 10,30 horas, da zona do antigo Minigolfe, e da passagem por Alcantarilha, dando uma olhadela a Pêra, não embarcando na A22 para Portimão, a caravana do "Passeio de Outono Algarve 2016" deliciou-se com a panorâmica do empreendimento de luxo "Amendoeiras Golfe" e depois a cidade presépio noturno de Silves, mas, também de olhares árabes durante o dia.
De Silves, a comitiva de quatro rodas avaliadas em cerca de dois milhões de euros, passou ao lado de Lagoa e de Silves, seguindo em frente até Monchique.

Ainda, a tempo e, quilómetros, para os participantes se deslumbrarem com a "joia da coroa das altura do Algarve", até lá, passou pelo Falacho, Laranjeiro, Alferce, Quinta do Francês. A comitiva, espaçadas dezenas de metros, como o pelotão da Volta ao Algarve em Bicicleta, abrandou ainda mais para ver e fotografar ao longe a barragem de Odelouca e depois a Fonte Santa e Pardieiros. 

O sol já aprontava o meio-dia, quantos os ares da Foia entravam pelas janelas dos "clássicos", no entanto, as pernas e o estômago pediam descanso e abastecimento, pelo que o road book programou não atravessar o centro de Monchique, não voltar para Lisboa, evitar Selão, Fiz do Farelo, Chilrão, Barranco de Pisões e, finalmente, em direção à Foia. Aqui, no alto do Sul de Portugal, onde a passarada e os linces ibéricos não pagam portagens e os medronheiros e a sua proliferação não pagam impostos e sobrevivem aos incêndios, os caravanistas amantes das relíquias cinquentenárias, no mínimo, abrem os pulmões e respiram a peito aberto e, desabafam, "só por estes instantes valeu a pena o passeio".

- Obrigado, Luís Brito, por este dia maravilhoso - dizemos nós.
Momentos de relax, de fotografias mil, cocktail de bebidas desejadas, presunto e pão caseiro sonhados, cerveja geladinha, café e medronho genuíno.
As antenas das televisões, rádios nacionais, regionais e das cooperativas de táxis, do exército e da força aérea davam sinais da hora do almoço. 
A vontade e a necessidade de almoçar não era muita, dada a fartura do serviço e da cobiça e gula dos participantes não olvidar os produtos tradicionais de Monchique oferecidos, pelo que a viagem até ao Macdonalds Monchique Resort & SPA e a descer a serra de Monchique demorou entre 15 a 20 minutos.

Almoço de 5 estrelas num ambiente «clássico» e informal

Em plena descida, a caravana descobriu à esquerda em direção a Portimão, um lugar diferente do solarengo Algarve, autêntico refúgio campestre, bem na Serra de Monchique.

Já no Macdonald Monchique Resort & Spa, encontramos um mundo longe das estâncias costeiras típicas do Algarve, um conceito da elegância requintada, com um surpreendente equilíbrio entre o luxo moderno e os melhores recursos da natureza.

Uma unidade turística de luxo próxima de muitas das atrações do Algarve, localizada apenas a 15 minutos de Portimão e a 30 minutos da Costa Vicentina.

Em tempo de convívio coletivo dos participantes durante o cocktail, e com a coordenação e simpatia do Diretor Geral, Rob Veltman e da sua equipa de «RP’s», fomos descobrindo a grande variedade de coisas para ver e fazer, como se de clientes em férias fossemos, quer dentro do resort, quer na área circundante.

O Passeio de Outono Algarve 2016”, ofereceu a oportunidade aos participantes, numa futura visita a Monchique e ao Macdonald Monchique Resort & Spa, desde passeios pela montanha e equitação até ao surf e observação de golfinhos, já para não mencionar os seus premiados campos de golfe e as belas praias.

O Macdonald Monchique Resort & Sp inclue duas piscinas, um centro de fitness state-of-the-art e um programa de bem-estar abrangente, apresentando yoga, pilates e meditação.

   

Nos arredores do resort, pode fazer-se caminhadas ou andar de bicicleta através da floresta montanhosa, ou visitar a encantadora vila de Monchique, ou uma destilaria local com uma equipa de lazer que estará sempre à disposição para ajudar e tirar-se o máximo proveito da estadia e, graças ao clima temperado da região, ainda, outras atividades disponíveis durante todo o ano.

Após o cocktail, os participantes passaram ao espaço gastronómico do Macdonald Monchique Resort & Spa e depararam com uma variedade notável apetecível à hora da refeição, desde uma oferta variada de petiscos, acompanhados por um bom vinho, cerveja fresca, um autêntico mercado culinário e também gourmet «Mon-Chic», onde as carnes grelhadas e peixe fresco faziam as delícias dos apreciadores do «comer bem».

O ponteiro dos relógios já marcava 16,00 horas quando Luís Brito, coadjuvado pela sua equipa, e em nome do “Clube Português de Automóveis Antigos” iniciou a entrega dos prémios e demais lembranças alusivas ao “Passeio de Outono Algarve 16”, destacando e, agradecendo a participação de todos, não esquecendo o apoio dos “Amigos dos Veículos Clássicos do Barlavento”, Junta de Freguesia de Armação de Pêra, do apoio e da presença de Rui André, Presidente da Câmara Municipal de Monchique e, sobretudo, o apoio do Diretor Geral, Rob Veltman do “Macdonald Monchique Resort & Spa”.

 Luís Brito historiou o passeio e justificou a escolha do itinerário, ou seja, a partida de Armação de Pêra, passagem por Silves e a subida até à Foia pelas estradas e caminhos menos conhecidos da maior parte da população que está habituada a visitar Monchique e a Foia a partir de Portimão. “Uma escolha feliz que deu a conhecer o outro Algarve, o genuíno e ainda intocável nas suas belezas”, diria um participante habituado a estas andanças.

   

Rui André, edil de Monchique, deu os parabéns à organização e agradeceu o convite, porque o executivo presidido por si. “Apostamos cada vez mais no turismo da natureza, muitos quilómetros de percursos entre a serra, caminhos e estradas. Monchique é cada dia uma terra de turismo alternativo, com mais e melhor saúde, bem-estar, cultural, destino gastronómico. Condições de sustentabilidade com visitas semanais de grupos e equipas de cicloturismo, desportos radicais, adquisição de produtos da terra e tradicionais, uma terra de culinária, de termas, e apenas a 10 quilómetros da praia”, sublinhou no uso da palavras, ouvindo-se uma voz anciã, “ainda me lembro de aos domingos vir com os meus pais encher garrafões de água de Monchique para beber em casa”.

   

Rob Veltman, em nome do “Macdonald Monchique Resort & Spa”, agradeceu o convite da organização do passeio, nomeadamente de Luís Brito, salientando: “O Resort tem como política hoteleira, a colaboração e proximidade com eventos desportivos, culturais e outras manifestações que tenham como objetivo a visita a Monchique e designadamente com a autarquia”.

Entre outras alocuções, destaque para a de Ricardo Pinto, Presidente da Junta de Freguesia de Armação de Pêra. “A Junta de Freguesia a que presido, apoia há cerca de três anos e todos os meses no primeiro domingo, os já célebres «Encontros dos Veículos Clássicos dos Amigos do Barlavento» e hoje, não podia deixar de estar presente neste almoço e conduzir uma antiquíssima Renault 4L a partir da minha vila piscatória e regressar depois deste belíssimo almoço”.

    

O antigo vereador, vice-presidente e presidente da Câmara Municipal de Silves, Rogério Pinto, também usou da palavra, em nome dos “Amigos dos Veículos Clássicos do Barlavento”, felicitando Luís Brito pela organização de mais um evento desta natureza e classe, igualmente, palavras elogiosa para o Macdonald Monchique Resort & Spa”, e seu diretor-geral e por último abraçou Rui André, Presidente da Câmara de Monchique, “Parabéns, amigo, estás no bom caminho e a fazer um bom trabalho em prol de Monchique e do Algarve, continua…”, ouviu-se através do microfone ligado e que registou em áudio as palavras proferidas entre políticos.

   

O resto da tarde foi passado com os participantes a despedirem-se, a trocarem de contatos telefónicos e a prometer brevemente novos encontros de veículos clássicos, nomeadamente, nos primeiros domingos de cada mês em Armação de Pêra, capital dos «clássicos» a sul do país.

Lista dos participantes e premiados:

1 - António Viegas - Maria Bernardete Viegas - Ford A Tudor 1930

2 - David Thomas - Jane Thomas - Triumph Gloria 1935

3 - Carlos Alberto Durão -Tereza Durão - Mercedes-Benz 170 A 1938

4 - José Matias - Maria Filomena Matias - Citroen 11 BL 1947

5 - David Mendonça - Ilda Contreiras - Citroen 11 B 1953

6 - Ralph Bunger - Juan Garcia - Rolls Royce Silver Dawn 1953

7 - Susete Guerreiro - Rodrigo Brito - Mercedes-Benz 190 SL 1956

8 - Luís Tavares - Margit Tavares - Jaguar XK 150 1959

9 - João Roaça - Manuela Cabrita - Volkswagen 1200 1959

10 - Nuno Simões Nunes - Anabela Ventura - Mercedes-Benz 220 SEB Cab.1964

11 - Luciano Cristina - Helena Cristina - Volvo P1800 1965

12 - Joannes Holtel -  Hannah Nancohy - Chevrolet Corvette Stingray 1966

14 - Ernest Chilton - Margaret Chilton - Jaguar E Type 1968

15 - Fernando Domingos - Cristina Domingos – Volkswagen 1968

16 - George Benedik - Susan Benedik - Volvo P 144 1969

17 - Yousif Louca - Gina Louca - BMW 1600 Cabriolet 1969

18 - Sergio Costa – Rodrigo - Lotus Europa 1970

19 - Luis Palma -Leonilde Palma – Volkswagen 1970

20 - Euleutério Grade - Ana Cristina Grade  -  Morris Clubman 1971

21 - Dominique Lienhard -Albino Pascoal - Peugeot 304 Cabriolet 1971

22 - José Vieira Patrício - Volkswagen 181 1971

23 - Vítor Campos Santos - Josyeli Araújo - Volkswagen 181 1971

24 - Eddy Decant - Gertru Decant - Porsche 911 1972

25 - Fábio Reis - Paula Menezes -Volkswagen 1302 1972

26 - Carlos Carames Mendez - Maria Carmen Villanueva  - Jaguar XJ6 1972

27 - José Dias - Francisca Martinha Dias - Datsun 1200 1973

28 - Fernando Galego - Isabel Galego - Volkswagen 1302 1973

29 - Rogério Pinto - Svetlana Menshova - MG B 1973

30 - António Messias Guerreiro - Paulo Soromenho - Toyota Celica 1974

31- António Alves - Elisa Barbas - Mercedes-Benz 240 D  1974

32 - Joaquim Bicho - Florbela Ferreira - Toyota Corolla 1974

33 - José Luís Poças - BMW 20021974

34 - Ana Carina Pereira - Elidia Pereira - Ford Escort GT-HC 1974

35 - James Kinnear - Pedro Condessa - Lamborghini Espada 1974

36 - Sérgio Dias - Elsa Dias - Toyota Corolla 1975

37 - Jaime Mendonça - Chevrolet Corvette 1975

38 - Ludgero Afonso - Filipe Mendes - Mini 1000 1976

39 - Márcio Fernandes - Graça Carvalho - Morris Mini 1976

40 - José Rosado Fernandes - Maria Teresa Fernandes -  Honda N600 1976

41 - Célia Rocha - Jéssica Afonso - Toyota Corolla 1976

42 - Jorge Ramos - Ford Escort 1978

43 - Rui Correia - Cátia Roaça - Morris Clubman 1979

44 - Pedro Barreto - BMW 320 Baur 1979

45 - José Santos Madeira - Cesaltina Madeira - Mercedes-Benz 280 SLC 1980

46 - Carlos Martins Durão - Pedro Martins - VW Golf Cabriolet 1982

47 - Francois Martin - Claudine Martin - Excalibur Phaeton IV 1982

48 - Luís Brejeira - João Brejeira - Toyota BJ 40 1982

49 - José Manuel António - Roussel Jaques - Citroen 2 CV 1983

50 - Américo David - Carlos Roque Mercedes-Benz 280 S 1984

51 - David Harris - Fiat 124 Spider 1984

52 - Victor Tegão - Ana Maria Teigão - Mercedes-Benz 380 SL 1984

53 - Ricardo Pinto - João Pina - Citroen 2 CV 1984

54 - João Martins - Isilda Barracosa - Citroen 2 CV  1985

55 - Paulo Franco - Austin Mini 1986

56 - Macdonald Monchique - Porsche 944   1986

57 - Luís Constâncio  - Nicole Sofia  Porsche 928 1988

58 - Ildefonso Mota - Olga Mota - Pontiac Trans Sport 1989

59 - Fernando Baguinho de Sousa - Maria do Carmo Caracol - Citroen 2 CV 1989

60 - Carlos Lopes - Joanna Lopes - Lancia Delta Integrale 1989

Partilhe com os seus amigos

Ver mais imagens na Gallery

Ler mais ...

Automóveis clássicos do Algarve brilham em Espanha

Os “Amigos  dos Automóveis Clássicos do Barlavento”, representados por Rogério Pinto, Sérgio Oliveira, Vítor Simões (Tó Zé), João Pina, Luís e esposa, Lourenço, Ildefonso e família, Renato e esposa, Tó-Zé Gonçalves, Pedro e amigos de Tavira, António Brito e muitos outros, num total de 30 clássicos, deslocaram-se a Isla Cristina, Andaluzia, Espanha, no dia 18 de setembro do corrente ano à 3ª Concentração Internacional dos Veículos Clássicos e deslumbraram nuestros hermanos com as viaturas portuguesas.

Texto e fotos: João Pina

A partida registou-se pelas sete horas da manhã de Armação de Pêra até Vila Real de S. António, sendo que, os restantes amigos dos veículos clássicos algarvios foram-se juntando à comitiva até passar a fronteira do Guadiana rumo a Isla Cristina no Ayuntamiento de Ayamonte.

Pelas 10,00 da manhã iniciaram-se as inscrições com acesso ao «Recinto de Festas El Carmen», espaço do Ayuntamiento da cidade de Isla Cristina, permanecendo os cerca de 150 veículos em exposição com centenas de pessoas a entrar e a sair no espaço, o qual tinha música ao vivo pela banda de Sevilha, “Younge Sánchez” no espaçoso snack bar, por sinal de um português radicado na Playa del Hoyo, o «Chiringuito El Portugué». 

Ainda, no espaço, além do serviço de bar, havia um ponto de vendas de pizzas, quiosque de laboratório de engenharia e de homologações de veículos clássicos, serviço de restauração, e venda de acessórios para motores dos clássicos, entre outros pontos de venda de merchandise automóvel e motos.

Pelas 12,30 horas espanholas (em Portugal 01,30 horas) a comitiva dos veículos clássicos concentrados no «Recinto de Festas El Carmen» iniciou o desfile pela cidade durante 30 minutos e por todo o trajeto foi bastante aplaudida por milhares de pessoas que tiraram centenas de fotos aos veículos em marcha lenta e supervisionados por mais de 20 colaboradores da organização devidamente sinalizados com os habituais coletes amarelos e refletores e ainda pela Guarda Civil da cidade andaluza.

Das 13,30 horas às 15,00 horas registou-se o almoço de buffet no Hotel Barceló para os mais de 250 inscritos, ou seja os proprietários dos clássicos, familiares e amigos inscritos previamente e por apenas 15 , sobejamente em conta, atendendo à qualidade e quantidade do buffet servido.

Os agradecimentos habituais neste género de concentrações, começaram a ser feitos cerca das 16,00 horas, não sendo esquecidos os clubes com um mínimo de três veículos inscritos, à exceção dos “Amigos dos Veículos Clássicos do Barlavento”, que não foram chamados ao palco para receber a placa comemorativa do evento.

No entanto, embora, a representação portuguesa do Barlavento, tenha ficado magoada e triste, não «reclamou» porque, afinal, ainda não é «Associação ou Clube» com escritura notarial e estatutos aprovados. Aqui fica o reparo a quem de direito e, a quem organiza todos os meses no primeiro domingo, em Armação de Pêra e há quase três anos, o único encontro de clássicos no país.

Além de ser o único encontro mensal, o mesmo tem um mínimo de presenças de cerca de 70 clássicos, sendo visto por centenas ou milhares de pessoas, nomeadamente nos meses de verão.

Retornando à 3ª Concentração Internacional dos Veículos Clássicos da Isla Cristina, houve, ainda, lembranças para o veículo que mais que rodou mais quilómetros; para o mais antigo; mota mais antiga; veículo com vocação popular; condutor mais jovem; condutor mais veterano; clássico melhor restaurado; mora melhor restaurada. Já passava das 18,00 horas quando a organização se despediu com música até ao anos de 2017.

Comentar e Partilhar

Ver mais imagens em baixo na Gallery

 

Ler mais ...

2.º Aniversário dos Encontros Mensais dos "Amigos dos Veículos Clássicos do Barlavento"

Em Armação de Pêra

Domingo, 3 de abril
Das 10,00 às 13,00 horas na zona do antigo Minigolfe

 

No próximo dia 3 de Abril de 2016 (domingo), entre as 10h00 e as 16h00, na zona do antigo Mini-Golf da nossa vila, comemora-se o "2.º ANIVERSÁRIO DO ENCONTRO MENSAL DE VEÍCULOS CLÁSSICOS DE ARMAÇÃO DE PÊRA".

 Neste dia, são esperados mais de 150 veículos clássicos para participar nesta iniciativa daJunta de Freguesia de Armação de Pêra,Clube de Futebol «Os Armacenenses»e dosAmigos dos Veiculos Classicos do Barlavento, a qual conta com o apoio de várias entidades e empresas da nossa freguesia, concelho e região.

Para além da habitual concentração de veículos clássicos, haverá ainda outros motivos de interesse para se juntar a nós, nomeadamente: oferta de brindes e lembranças a todos os proprietários dos veículos participantes; comes e bebes com destaque para o "porco no espeto"; "camião palco" com animação musical; sorteio de prémios; bolo de aniversário; cabaz da páscoa; e outras surpresas que temos vindo a preparar.

Por esta via, lançamos também um desafio a todos os participantes neste encontro comemorativo do 2.º aniversário, para que utilizem roupas da época do veículo clássico que trouxerem, com o objetivo de se recriar de uma forma ainda mais fiel o espírito de uma época de ouro dos veículos clássicos.

Da mesma forma, apelamos aos proprietários dos veículos clássicos, que assim entenderem, que se façam acompanhar de prémios para ser sorteados entre todos os participantes neste encontro especial.

 Como vê, os motivos para se juntar a nós são mais que muitos, pelo que contamos com a sua presença para abrilhantar ainda mais este dia festivo em Armação de Pêra, naquele que já é considerado o maior e melhor encontro mensal de veículos clássicos na região do Algarve.

 *Foto do cartaz: Diogo Correia

 Realizou-se no domingo, 6 de março o 23º Encontro dos “AMIGOS DOS VEÍCULOS CLÁSSICOS DO BARLAVENTO”, a partir das 10,00 horas até às 13,00 horas, seguindo-se o tradicional passeio pelas principais ruas de Armação de Pêra, e depois o habitual almoço convívio entre os proprietários, condutores dos clássicos, familiares e amigos no “RESTAURANTE NOVO ALMADRAVA”, em Armação de Pêra.

   

 Estiveram presentes presenças cerca de 100 automóveis clássicos com os seus proprietários, familiares e amigos, o que tornou uma numerosa moldura humana de fãs destas viaturas nos jardins do antigo Minigolfe da vila.

Além do convívio entre os proprietários e familiares, os turistas e meros visitantes à vila piscatória de Armação de Pêra, houve oportunidade de ver e rever de perto as relíquias do passado no ramo automóvel e vê-los com os motores a trabalhar e a desfilar pelas ruas da vila e depois de partida pelas estradas do Algarve.
Ainda, ocasião de troca de informações quanto a peças automóveis antigas, endereços de oficinas de reparação mecânicas e até de possíveis negócios futuros

   
Depois de mais uma jornada dedicada aos automóveis clássicos, o núcleo fundador dos “AMIGOS DOS VEÍCULOS CLÁSSICOS DO BARLAVENTO, dinamizado por Sérgio Costa e Rogério Pinto e bem apoiado pela Junta de Freguesia de Armação de Pêra, na pessoa do seu presidente, Ricardo Pinto e, também, agora o Clube de Futebol “Os Armacenenses” que recebeu os «amigos» criando um secção autónoma de automóveis clássicos, informa que o próximo encontro no domingo 3 de abril, assinala o 2º aniversário com muitas surpresas, animação musical e comes e bebes durante o dia de acordo com o programa e cartaz definitivo a sair brevemente.

Assim sendo, Armação de Pêra convida os amantes dos automóveis clássicos a festejar 2º ANIVERSÁRIO E 24º ENCONTRO DOS “AMIGOS DOS VEÍCULOS CLÁSSICOS DO BARLAVENTO” no domingo 3 de abril.

Ler mais ...

João Mestre, cavaleiro amante da música e do amor

Lembram-se do bravo cavaleiro que fez um pedido de casamento em plena “Feira Medieval de Silves”. É músico d' Os Reflect e percebe de Macs! grin emoticon. Pois é!    

O João Mestre, através do seu projeto “All The City Lights”, acaba de disponibilizar o seu mais recente tema "My Shining Star" - https://youtu.be/9m25pUOdHVc - estreado ao vivo no dia em que se casou com a Sofia... =')

Parabéns aos noivos e agora oiçam o que [às escondidas] fizeram na Kimahera.

"My Shining Star" expressa musicalmente como o brilho de uma estrela humana pode ser magnífico.

Um brilho tão nosso e tão precioso que nunca se ausentam. Apenas se ofusca. E, por vezes, é necessário alguém muito especial para nos mostrar o quanto podemos brilhar.

Quando encontramos alguém que revela o nosso melhor brilho, há que partilhar sentimentos e preservar essa pessoa ao nosso lado, porque quando o brilho de duas estrelas humanas cresce em conjunto, o caminho a percorrer neste mundo torna-se muito menos sombrio.

Por tudo isso e muito mais, vamos continuar a brilhar juntos”, palavras de João Mestre na apresentação do tema "My Shining Star".

João Mestre é profissional programação e sofwwer em Mac, mas nas horas vagas a música é o seu hobbie como autodidata, no entanto, o talento começa a transbordar porta fora e já anda na boca do mundo.

Faz parte da produtora Kimahera, sediada em Armação de Pêra, uma garagem poiso de amigos, que da música faz milagres em produção áudio e de espetáculos em que todos são interpretes, produtores e realizadores, dividendo os aplausos e as receitas dos cachets entre eles pelos Restaurantes McDonald's mais pertos dos locais de atuação.                                                                                                                                                 

"My Shining Star"

Música, letra e produção: João Mestre

Gravação, mistura e masterização: Pedro Pinto @ Kimahera

https://youtu.be/9m25pUOdHVc

Ler mais ...

Manuel Neto dos Santos apresenta mais um livro - Aurora Boreal ao Sul

 
Sala Polivalente do Museu João de Deus, em São Bartolomeu de Messines,
encheu no dia 20 de dezembro à tarde para assistir à apresentaçãoda
17.ª obra do Poeta Manuel Neto Dos Santos.
 
 "Aurora Boreal ao Sul" é uma viagem às origens do Poeta, que indiretamente recorda a sua avó Aurora das Dores.
 A Mesa de Honra foi formada pelo Presidente da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines, João Carlos Correia; pela responsável pela Casa Museu João de Deus, Hélia Coelho; pelo Autor, Manuel Neto Dos Santos e pelo representante da Arandis Editora, Sérgio Brito.
 Na assistência encontravam-se vários poetas e amigos do autor.
 A obra é prefaciada por Risoleta Pinto Pedro.

 

 
Ler mais ...

IV Volume do Índice Geral de Casamentos do Algarve

 
A 20 de dezembro de 2015 foi apresentado pelo escritor e historiador, Nuno Campos Inácio, no Centro Comunitário do Alferce o IV volume do Índice Geral de Casamentos do Algarve, dedicado à freguesia do Alferce, obra que contém um apontamento histórico e monográfico da freguesia.
“Uma obra dedicada ao meu avô paterno, José Inácio, natural do Sítio da Fornalha, da freguesia do Alferce”, referiu Nuno Campos Inácio.
 O evento, presidido pelo Presidente da Junta de Freguesia do Alferce, contou com a participação de várias dezenas de pessoas, que aproveitaram para conhecer um pouco melhor a história da sua terra.
 A Tuna da Confraria do Medronho de Monchique abrilhantou a tarde, interpretando temas que foram recolhidos na freguesia do Alferce, perpetuando desse modo a tradição oral, sendo que as pessoas que não conheciam a freguesia, ficaram fascinadas com o presépio gigante montado no largo fronteiro à Igreja Matriz, recordando a época natalícia.

 

 
Ler mais ...

4º Passeio de Pais Natal em Armação de Pêra

Realizou-se no sábado, 5 de dezembro, o tradicional passeio de pais Natal pelas ruas, assinalando, assim, o início dos festejos natalícios na vila piscatória de Armação de Pêra.
O passeio foi organizado pela Junta de Freguesia de Armação de Pêra, sendo o maior impulsionador o “Hotel Holiday Inn Algarve” , com a colaboração da “Portugal4U” e “BTT Algarve Maniacs”, sendo o percursos composto por diversas atividades para todas as idades, podendo os participantes optar por uma caminhada, ou por um passeio de bicicleta com cerca de 20 orientado pelo grupo “BTT Algarve Maniacs”.
Antes da partida para ambos os percursos, os técnicos do “UrbanGym” orientaram alguns exercícios de aquecimento no sentido de não se registarem quebras físicas.
A participação foi gratuita, mas quem quis ajudar doou alimentos à base de arroz, massa, azeite, leite, enlatados, donativos que foram entregues ao “Espaço Amigo” de Armação de Pêra, um projeto da Junta de Freguesia que visa apoiar famílias carenciadas.
Para participar bastou comparecer em frente ao “Holiday Inn Algarve” na data marcada com o seu fato de Pai Natal e a pé ou de bicicleta, registou-se uma caminhada saudável e que ajudou a angariação de bens alimentares e dinheiro distribuídos pelos mais carenciados, sendo que a a atividade esteve aberta a todas as idades, no entanto, as crianças com idade inferior a 15 anos foram acompanhadas pelos pais.
Ler mais ...
Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time