Dia: 12 de dezembro
Lagos

Lagos (12)

Lagos termina e inicia o ano novo em festa

Lagos assinala a quadra festiva que se avizinha, em conjunto com a ACRAL e a LAGOS EM FORMA, ainda a freguesia de São Gonçalo e colaboração com as várias associações e colectividades culturais do concelho, tendo já inaugurada a iluminação de Natal.

A programação, que se desenrola a partir do dia 1 de dezembro, e irá prolongar-se até 06 de janeiro de 2017, evidencia a forte aposta na área musical, na qualidade e diversidade dos talentos locais e no apoio ao comércio tradicional.

A animação arranca no dia 2, data em que Lagos acolhe a chegada do Pai Natal e da Mãe Natal (prevista para as 15h30 na Praça Luis de Camões). No mesmo local, e entre os dias 4 e 23, a Mãe Natal vai estar à espera dos mais pequenotes para com eles tirar fotografias e receber as suas tradicionais cartas dos pedidos de presentes. Também exatamente neste período, a magia e alegria do Natal vão ser uma constante noutros polos de animação da cidade, nomeadamente na Praça do Infante e Ruas Portas de Portugal, onde estarão Insufláveis, uma Pista de Gelo Sintético, um Globo de Neve Gigante e muitas outras surpresas. Também estarão em Lagos algumas Estátuas Vivas, coordenadas por António Santos (o conhecido Staticman, recordista mundial que já conquistou cinco recordes mundiais de imobilidade, sendo um deles certificado pelo Guinness Book of Records).

O programa deste ano inclui variadas vertentes, nomeadamente as atividades de dinamização do Comércio Local e Animação de Rua; os Concertos e Espetáculos de Natal e ainda outras iniciativas que passam pela Natalândia no ZooLagos, um Mercadinho de Natal e Exposições e Visitas a Presépios, com destaque para o tradicional Presépio de Natal Animado do lacobrigense José Cortes que, todos os anos, vai criando e aumentando as peças de um presépio em que nada ficou esquecido!

A ACRAL promove, entre os dias 1 e 21 de dezembro um Concurso de Decoração de Árvores de Natal, cujas árvores estarão expostas pela baixa de Lagos até 6 de janeiro, um Concurso de Montras e um Grande Sorteio de Natal de uma Viagem de Sonho (consultar os regulamentos em anexo).

A empresa municipal LAGOS EM FORMA volta a acarinhar o comércio local proporcionando, entre os dias 02 de dezembro e 1 de janeiro a todos os utentes do parque de estacionamento coberto da Frente Ribeirinha, condições muito especiais. De 18 de dezembro a 1 de janeiro de 2018 o estacionamento à superfície é gratuito.

Conheça o programa completo e detalhado em anexo.

PARTICIPE, VIVA a MAGIA de NATAL e FAÇA COMPRAS no COMÉRCIO LOCAL!

ANEXOS:

PROGRAMA de NATAL e FIM do ANO 2017

2.17 MBs  Nº Downloads: 40

Regulamento do Sorteio de Natal 2017

131 KBs  Nº Downloads: 4

Regulamento do Concurso de Árvores de Natal 2017

229 KBs  Nº Downloads: 1

Regulamento do Concurso de Montras 2017

351 KBs  Nº Downloads: 1

Ler mais ...

“Deixem o Pimba em Paz” com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo

Realiza-se na sexta-feira, 13 de outubro, pelas 21,30 horas no Centro Cultural de Lagos (Auditório Duval Pestana), com organização da Câmara Municipal de Lagos e para maiores de 6 anos ao preço de 10€ o bilhete, aplicando-se os habituais descontos

Desde sempre fascinado pelo universo pimba, Bruno Nogueira propõe-se dar outra vida a essas canções, juntando Manuela Azevedo, vocalista dos Clã, e outros músicos que fizeram arranjos de jazz e pop onde eles eram pouco prováveis.

O pimba é unificador, às escondidas, para não parecer mal. Seja numa festa da Quinta do Lago, seja no meio de um churrasco em Massamá, aos primeiros acordes de uma música de Quim Barreiros haverá uma debandada a correr para a pista de dança e a cantar o refrão em alegre e alta voz.

“Deixem o Pimba em Paz” é um concerto e um espetáculo de desconstrução e já não é pouco.

Ideia Original e Direção Bruno Nogueira

Arranjos e Direção Musical Filipe Melo e Nuno Rafael

Com: Bruno Nogueira, Manuela Azevedo, Filipe Melo, Nuno Rafael e Nelson Cascais

Ler mais ...

Associação de Municípios “Terras do Infante” prestou Homenagem à memória do Infante D. Henrique

A passagem dos 556 anos sobre a Morte do Infante D. Henrique foi o mote para que, pela segunda vez, a Associação de Municípios “Terras do Infante”, entidade formada por Aljezur, Lagos e Vila do Bispo, organizasse um conjunto de atividades destinadas a homenagear e reforçar o papel do homem, do visionário e aventureiro, e do descobridor que se tornou numa das figuras mais importantes da história mundial e dos Descobrimentos Portugueses.

Das variadas iniciativas que o programa, a decorrer nos três municípios, integrou, e que passaram por palestras nas escolas, exposições, concertos e visitas guiadas, destacou-se a de dia 13 de novembro – a Homenagem ao Infante D. Henrique – que começou com a cerimónia mais protocolar em Lagos, junto à sua Estátua, seguida de uma Missa de Sufrágio na Igreja de Nossa Senhora da Graça (Sagres) e homenagem junto ao Padrão de 1960 (Fortaleza de Sagres), terminando com um Concerto, também na Igreja de Nossa Senhora da Graça.

A cerimónia realizada em Lagos contou com a participação de uma Secção de Militares e a Fanfarra do Comando do Corpo de Fuzileiros da Marinha Portuguesa, bem como militares do Ponto de Apoio Naval de Portimão que se associaram, uma vez mais, à celebração desta efeméride. Vários foram os convidados que também estiveram presentes neste tributo que decorreu junto à estátua do Navegador, na Praça do Infante.

Integraram a Cerimónia, presidida pela Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, na qualidade de Presidente do Conselho Diretivo da Associação de Municípios “Terras do Infante” – Aljezur, Lagos e Vila do Bispo; o Comandante (Capitão de Mar e Guerra) Paulo Manuel José Isabel, Chefe do Departamento Marítimo do Sul, como representante da Marinha Portuguesa; o Comandante Luís Filipe da Conceição Duarte – Capitão do Porto de Lagos; o Presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Adelino Soares, a Vereadora da Câmara Municipal de Aljezur, Maria de Fátima Neto e demais autarcas representantes dos três municípios.

Depois de prestada a homenagem à Memória do Infante e aos 556 anos sobre a sua morte, com a deposição de uma coroa de flores, e das alocuções em representação da Marinha e dos municípios de Aljezur e Vila do Bispo, tomou a palavra a Presidente do Conselho Diretivo da Associação de Municípios Terras do Infante, Maria Joaquina Matos, que iniciou o seu discurso falando das variadas iniciativas que este ano os 3 municípios organizaram em torno do seu patrono, o Infante. “De Lagos partiram durante décadas os marinheiros navegadores ao seu serviço e o mar fez-se novo e descobriu-se o mar sem fim que é Português. Aqui se iniciou, pois, um novo tempo da História de Portugal, o tempo dos Descobrimentos Marítimos Portugueses, importantíssimo contributo para a união da Terra, para a descoberta do Mundo Global”. A este propósito a autarca ainda frisou que “somos, de facto, Território de Globalização e, por isso, aqui reafirmo o nosso apoio à candidatura à UNESCO, que temos de levar para a frente, procurando o reconhecimento do nosso papel para a história nacional e do mundo”.

A terminar, Maria Joaquina Matos ainda relembrou o facto de se ter inaugurado, em junho deste ano, o Núcleo Museológico da Rota da Escravatura, no edifício tradicionalmente conhecido como Mercado de Escravos e ali situado, na Praça do Infante. Lembrou a presidente que “é um espaço que presta homenagem à memória dos cativos negros que aqui chegaram como mercadoria. É um indesmentível facto histórico que se assinala com respeito, com o distanciamento de olhar a que o tempo nos deve obrigar, mas também como contributo para nos posicionarmos e lutarmos contra todas as formas de escravatura nomeadamente as que sabemos existir ainda nos dias de hoje”.

Na véspera havia decorrido um passeio em autocarro pelos territórios das Terras do Infante, aberto à participação da população dos três concelhos, com paragem pelos locais mais emblemáticos do património histórico e cultural evocativo do período dos Descobrimentos e do tempo do Infante D. Henrique, patrono da Associação de Municípios. Guiada por técnicos superiores dos Municípios promotores da iniciativa, a visita permitiu dar a conhecer a riqueza do património deste território, que não se esgota no edificado, mas que está presente nas tradições (designadamente gastronómicas), costumes e crenças que caraterizam e formam a identidade cultural destas comunidades.

A visita culminaria com um concerto de música antiga na Igreja de Nossa Senhora de Alva (Aljezur), pelo Ensemble Vox Angelis, que evocou com maestria a arte, a sensibilidade e os sentimentos presentes na música da época. A iniciativa permitiu ainda reforçar os laços entre os três municípios e estender os mesmos para além das relações institucionais inerentes ao funcionamento da Associação, envolvendo ativamente as populações. De referir que estas iniciativas (visitas guiadas e palestras nas escolas) envolveram cerca de 500 munícipes dos três municípios envolvidos.

O Programa “Rota do Infante D. Henrique”, uma Homenagem dos três municípios por ocasião dos 556 anos sobre a sua Morte, terminou no dia 14, com a realização das Jornadas – A

História e a Memória dos Escravos Africanos, que teve lugar no Centro Cultural de Lagos.

As iniciativas que constaram no programa, que decorreu entre os dias 7 e 14 de novembro nos três municípios, foram organizadas pela Associação de Municípios “Terras do Infante – Aljezur, Lagos e Vila do Bispo”, contando com o apoio da Direção Regional de Cultura do Algarve, Paróquias de Raposeira, Vila do Bispo e Sagres e ainda do Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar (FCSH – Universidade Nova de Lisboa & Universidade dos Açores) que assegurou a Coordenação Científica das Jornadas.

Ler mais ...

Secretária de Estado Adjunta da Administração Interna reuniu com o executivo da Câmara de Lagos

A Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, recebeu uma comitiva chefiada pela Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, para falar sobre a nova geração dos Contratos Locais de Segurança (CLS).

Nesta visita a Lagos foram abordados diversos assuntos relacionados com a criminalidade no Concelho, as condições em que a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública desenvolvem a sua fiscalização de proximidade que, em Lagos, se tem traduzido num índice de criminalidade quase inexistente, bem como sobre os projetos “Escola Segura” e “Crescer em Segurança”; “que têm sido um êxito no município”, de acordo com todos os intervenientes mais diretos e ligados a estas iniciativas. Foi igualmente trazida para cima da mesa a questão do verão, referindo-se que Lagos é um dos municípios do Algarve que triplica a sua população, tendo a Presidente da autarquia manifestado o seu agrado pelo reforço dos efetivos e alargamento do corpo da GNR, o que contribuiu decisivamente para que não fossem registadas ocorrências de maior.

Mas o verdadeiro motivo da visita de trabalho da governante foi falar sobre o novo modelo e a nova geração dos Contratos Locais de Segurança, cujo desejo “é que avance, no Algarve, o mais depressa possível”. De acordo com a Secretária de Estado, a finalidade é “alterar um pouco o paradigma dos Conselhos Municipais de Segurança” uma vez que a própria defende que “o que é, concretamente, necessário na região é continuar a reduzir os níveis de criminalidade, que já de si são, aqui, felizmente muito baixos”. Para Isabel Oneto, “uma vez que não é necessária a implementação de medidas específicas, o trabalho em Lagos passa por criar, ou manter, um conjunto de mecanismos para operacionalizar e articular os assuntos nesta área”. Articulação, essa, já existente entre a autarquia e a PSP e GNR de Lagos, de acordo com ambos os responsáveis pelas respetivas forças de segurança presentes na reunião. Refira-se que o Contrato Local de Segurança em Lagos será na vertente MAI Município (onde estão inseridos todos os municípios do Algarve), sendo que ainda existe a vertente MAI Bairro e MAI Cidadão, para outros municípios do país.

A Presidente da Câmara aproveitou igualmente esta visita de um membro do Governo para insistir sobre “a necessidade urgente do avanço da obra da reabilitação do Edifício Multifunções, situado no Chinicato, para que a GNR possa, o mais breve possível, começar a funcionar aí”, recordando a este propósito que “atualmente estão instalados num antigo Convento sem as mínimas condições para o desempenho das suas funções”. A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna comprometeu-se com a conclusão das obras até julho de 2017.

De acordo com o que estava agendado, no final da reunião foi feita uma visita às instalações da Polícia de Segurança Pública, equipamento inaugurado a 27 de outubro de 2010, e que está localizado numa das entradas nobres da cidade de Lagos.

 

Ler mais ...

Lagos assinalou o Dia Mundial do Animal com um programa recheado de iniciativas

O Dia Mundial do Animal, assinalado a 4 de outubro, foi comemorado em Lagos com diversas iniciativas que passaram por uma Cãominhada, exposições, um seminário e demonstrações de atividades com cães, entre outras. Também o deputado do PAN esteve presente no município para falar sobre esta temática.

Os dias 8 e 9 de outubro encerraram o programa preparado pela autarquia para assinalar, de forma mais visível, o Dia Mundial do Animal em Lagos.

Foram cerca de 1200 os visitantes que, com esta parceria estabelecida entre o Município, o Zoo de Lagos e a ONDA, tiveram a oportunidade de conhecer (ou voltar a visitar), a um preço muito reduzido, este magnífico parque temático e, com o valor pago por cada bilhete, contribuir para ajudar os animais, uma vez que da receita angariada com os ingressos, parte (aproximadamente 1200 euros) reverterá e será doada pelo Zoo de Lagos para a Associação Animais de Rua.

Merece recordar que o programa teve início, no passado dia 02 de Outubro, com uma “Cãominhada” que aconteceu lado a lado com a Marcha do Coração, exposições e demonstrações de atividades com cães.

No mesmo dia a autarquia promoveu, no Centro Cultural de Lagos, um Seminário sobre os Direitos dos Animais, cuja abertura dos trabalhos foi conduzida pela Vereadora da Câmara, Sara Coelho, e que contou com vários convidados, destacando-se o deputado do PAN – Partido das Pessoas, Animais e Natureza.

André Silva defendeu, na ocasião, a extensão da proteção jurídica atribuída aos animais domésticos a outros animais como forma de travar os maus tratos a animais registados no país.

O seminário contou ainda com intervenções de Joana Sousa (Zoo de Lagos: Papel dos zoos na conservação das espécies), de João Rodrigo Pinto (Casa da Buba: Cão de Água Português - nadador/salvador), do Subcomissário Tiago Jacinto (PSP: Crimes contra animais, inseridos no Código Penal) e do Comissário Regional da Delegação de Faro do PAN Paulo Batista (PAN: Direito moral dos animais de companhia).

Por seu turno, a vereadora Sara Coelho aproveitou esta ocasião para relembrar os presentes dos projetos e ações que o Município tem desenvolvido, e acarinhado, para garantir o respeito pelos direitos dos animais consagrados na Declaração Universal proclamada pela UNESCO, assim como no ordenamento jurídico nacional, o apoio que se tem prestado a associações de defesa do animal, a campanhas diversas e a projetos de voluntariado (escolar e de outro âmbito). Para o executivo municipal de Lagos é certo que apesar das dificuldades, a causa na luta pelo bem-estar do animal é para os 365 dias do ano…”. Sara Coelho lembrou igualmente as melhorias que têm sido promovidas, ao longo dos anos, nas condições de instalação e funcionamento do Canil Municipal de Lagos, equipamento que está licenciado, desde o dia 1 de Fevereiro de 2012, como Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia do Município de Lagos e tem, atualmente, capacidade para albergar 42 cães e 7 gatos.

De referir, ainda a este propósito, que na sequência da proposta votada em 2015 no âmbito do Orçamento Participativo, a Câmara Municipal de Lagos está a lançar o procedimento para a empreitada de construção de um cemitério para animais, dando corpo ao princípio consagrado no artigo 13.º da Declaração Universal dos Direitos dos Animais segundo o qual “o animal morto deve de ser tratado com respeito”.

O cemitério será implantado na Rua do Bairro da Abrótea, em terreno municipal, contando numa 1.ª fase, com 60 unidades de inumação aeróbia (“gavetões”), com dimensões diferenciadas para animais de grande, médio e pequeno porte. O custo estimado para a obra é de 40.000,00 € acrescido do IVA, prevendo-se que a mesma seja iniciada até ao final do corrente ano.

Ler mais ...

Foi inaugurado o CLAIM – Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes, em Lagoa

No dia 28 de setembro – numa cerimónia que contou com a presença do Ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, Alto-Comissário para as Migrações, Pedro Calado, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino,Presidente da Assembleia Municipal, Presidente da Câmara Municipal, Presidentes de Juntas e Uniões e outras entidades – foi formalmente assinado um Protocolo de Cooperação entre o Alto Comissariado para as Migrações e o Município de Lagoa, que estabelece os termos da criação do CLAIM – Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes.

Este balcão de apoio ao migrante vem reforçar a qualidade do Município como seguidor e implementador das boas práticas das políticas públicas de imigração, promovendo a proximidade e melhor integraçãolocal dos migrantes, de forma a facilitar as informações e apoio necessário em todo o processo de acolhimento e integração.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara saudou todos os presentes, agradecendo aos membros do Governo a disponibilidade para inaugurarem o CLAIM de Lagoa e manifestou a sua preocupação desde a primeira hora com a catástrofe humanitária vivida por todos os que, por vários meios de alta perigosidade, vieram na busca de paz para si e família.

O Ministro-adjunto referenciou a importância de Portugal como País de acolhimento de migrantes e disse que tem utilizado como referência a prática autárquica do Concelho de Lagoa no campo da ação social.

O CLAIM – Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes irá funcionar nas instalações da Unidade de Ação Social e Saúde, no antigo Edifício Paços do Concelho, em Lagoa e dispõe de atendimento personalizado – à 2ª feira e 3ª feira durante todo o dia – para o que é necessário efetuar marcação, por contato presencial, telefónico – 282 380 429 ou pela Linha Verde – 800 272 475. Para mais informações, contacte a Unidade de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal pelo endereço eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Ler mais ...

Orçamento Participativo de Lagos com 12 propostas em votação

A segunda fase do Orçamento Participativo arranca no próximo dia 05 de setembro, com 12 as propostas que, após análise técnica, passam à fase de votação, período que vai decorrer até ao final do mês de setembro, apelando-se, assim, a participação e o respetivo voto no projeto que se quer ver concretizado.

Das 26propostas apresentadas, e após a análise técnica por parte dos serviços da autarquia, passaram para a fase da votação 12 propostas que vão desde a instalação de ilhas ecológicas, passando por requalificações de ruas e jardins, até à construção de um parque biossaudável.

Recorde-se que, para além do Orçamento Participativo 2017 contar nesta edição com o dobro do valor do ano passado (300 000,00€), existiram mais duas novidades: este ano decidiu-se que o montante seria distribuído em seis parcelas, até 50.000,00€, para execução de projetos a localizar nas áreas geográficas correspondentes às antigas freguesias (Freguesia de Barão de São João, Freguesia de Bensafrim, Freguesia da Luz, Freguesia de Odiáxere, Freguesia de Santa Maria e Freguesia de São Sebastião). Por outro lado, houve igualmente a possibilidade de cada cidadão poder apresentar uma proposta (a mesma ou diferente) em cada uma das Sessões Participativas que tiveram lugar no passado mês de junho.

O período de votação decorrerá entre os dias 05 e 30 de setembro, e será possível votar no Edifício Paços do Concelho Séc. XXI ou nas Juntas de Freguesia do concelho.

O Orçamento Participativo é um mecanismo de democracia participativa e voluntária que assenta na participação direta dos cidadãos na governação no Município de Lagos. Conheça as propostas desta edição e saiba tudo sobre o OP Lagos 2017 em www.cm-lagos.com 

Ler mais ...

Câmara de Lagos aprova uma Moção pela defesa da qualidade dos serviços de saúde prestados no concelho

O Executivo municipal manifestou publicamente, na sua Reunião de Câmara de dia 17 de agosto, a sua preocupação “pela bem patente falta de qualidade na prestação de serviços de saúde que estão a ser dispensados aos utentes do Hospital de Lagos”, instituição que serve que serve igualmente os municípios de Vila do Bispo e Aljezur. A moção foi aprovada por unanimidade.
De acordo com a Presidente da Câmara, Maria Joaquina Matos, o
“direito à Saúde é, como todos sabemos, um dos direitos essenciais que a Constituição da República Portuguesa consagra e, infelizmente, a atual situação dos serviços de saúde prestados no Hospital de Lagos é cada vez mais dramática”.

Considerando esta situação a autarca propôs uma Moção pela Defesa da Qualidade dos Serviços de Saúde prestados no concelho, aprovada por unanimidade pelo executivo da Câmara Municipal de Lagos. A moção foi apresentada tendo em conta vários pressupostos, nomeadamente:

- a escala médica do Serviço de Urgência do Hospital de Lagos estar com inúmeros turnos em falta;

- existirem dias em que o Serviço de Urgência só tem um profissional (médico), sendo que é esse mesmo médico que tem de fazer, simultaneamente, o acompanhamento dos doentes internados;

- os doentes serem obrigados a aguardar várias horas para o atendimento, sendo que muitos vão-se embora à procura de outras respostas;

- que ao contrário do reforço necessário e desejável para esta área, houve uma acentuada diminuição da capacidade de resposta aos cidadãos que dela necessitam;

- que a situação que atualmente se vive em Lagos significa uma inadmissível negação do Estado no cumprimento da sua obrigação constitucional de garantir cuidados de saúde primários e de proximidade.

 Uma vez que a Câmara de Lagos defende que esta se trata de “uma situação insustentável, completamente injusta para as populações que destes serviços têm necessidade e que não se pode permitir que volte a repetir-se”, ficou decidido nesta reunião pública, por um lado, manifestar ao Governo, com conhecimento ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve e à ARS Algarve, a preocupação do Município pela falta de qualidade da prestação de serviços de saúde que estão a ser dispensados aos utentes do Hospital de Lagos, o protesto e a não-aceitação do prosseguimento desta situação, e, por outro, exigir do Governo medidas urgentes que promovam a contratação dos profissionais de saúde necessários para colmatar o elevado número de utentes que não têm, em tempo útil, resposta nos serviços de saúde prestados no Hospital de Lagos.

Ler mais ...

Atletas lacobrigenses louvados e congratulados pela Câmara Municipal

Foi aprovado em Reunião de Câmara um Voto de Congratulação e Louvor aos atletas lacobrigenses Miguel Bravo, Nuno Pacheco e Tomás Rocha, pelo título coletivo alcançado de 3ºs Classificados na Prova de Estafeta Americana em Pista – Medalha de Bronze), no Campeonato da Europa de Patinagem de Velocidade, que se realizou na Holanda.

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, por unanimidade, na reunião pública que decorreu no dia 03 de agosto, um Voto de Congratulação e Louvor, felicitando publicamente a participação e desempenho dos atletas lacobrigenses Miguel Bravo, da Academia de Patinagem de Velocidade do Algarve, com sede em Portimão, Nuno Pacheco, do Roller Lagos Clube de Patinagem e Tomás Rocha, também do Roller Lagos Clube de Patinagem, pela “excelente prova coletiva de Estafeta Americana de 3 Km, que realizaram”, tendo obtido o 3º lugar – Medalha de Bronze (escalão de Juniores A), no Campeonato da Europa de Patinagem de Velocidade, que teve lugar entre os dias 23 a 30 de Julho em Heerde e Steenwijk, na Holanda.

A Câmara Municipal de Lagos “louva publicamente estes três atletas que pelo seu esforço, motivação e dedicação nesta modalidade conseguiram esta notável classificação coletiva para o desporto lacobrigense e para os seus Clubes, nesta modalidade”.

A autarquia estende este louvor aos dirigentes dos clubes, ao treinador – Prof. Paulo Batista e treinadores/atletas - Diogo Marreiros e Martyn Dias do Roller Lagos Clube de Patinagem, ao treinador David Pedro da Academia de Patinagem de Velocidade do Algarve, ao fisioterapeuta da Seleção Portuguesa – Celso Silva, pais, familiares e a todos os que apoiaram estes atletas.

Ler mais ...

Feira Concurso Arte Doce recebeu milhares de visitantes

A XXIX edição da “Feira Concurso Arte Doce 2016”, que decorreu no último fim de semana de julho no Complexo Desportivo Municipal de Lagos, levou ao certame mais doce do Algarve milhares de visitantes.

A cerimónia de inauguração e abertura da Feira, que decorreu na tarde de dia 29, contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, que deu as boas vindas a todas as entidades convidadas e ao público presente, aos expositores que integraram a feira e, em particular, às doceiras que uma vez mais responderam ao desafio “continuando a preservar e a promover esta arte ancestral”. Aproveitou igualmente para deixar um agradecimento público especial a todas as entidades patrocinadoras que ajudaram a tornar possível este evento.

A autarca terminou, reforçando a relevância deste certame “que há 29 anos faz parte do nosso calendário de animação na época do verão” e com o qual se pretende continuar “a promover a doçaria tradicional”.

A participação na feira registou níveis bastante expressivos, verificando-se a presença de dezenas de bancas ocupadas com doçaria, artesanato, algumas com licores, tasquinhas e, à semelhança de anos anteriores, diversas bancas de entidades locais (IPSS e associações), perfazendo um total de 72 participações, sendo as mesmas provenientes de várias localidades (Lagos / Caldas da Rainha / Silves / Parchal / Mexilhoeira Grande / Loulé / Portimão / Odivelas).

No que diz respeito ao programa, a animação no recinto, os showcookings e o cocktail showcase, para além de um cartaz musical de referência, confirmou-se como um verdadeiro sucesso, tendo a adesão do público à ARTE DOCE voltado a superar as expectativas, com a presença de muitos milhares de visitantes nos três dias.

No dia 31, após a cerimónia de entrega de prémios aos vencedores do Concurso ARTE DOCE, foram também conhecidos os trabalhos vencedores do Concurso de Poesia “Avós e Netos”, promovido pela autarquia. Prestar homenagem, valorizando a figura dos avós e a sua importância nas famílias, e ser uma forma dos netos poderem demonstrar o carinho e apreço em relação aos seus avós foram os grandes objetivos deste Concurso.

PREMIADOS ARTE DOCE 2016

♦ CONCURSO ARTE DOCE

Grande Prémio*: Lucília Baptista

(*melhor conjunto de trabalhos apresentados nas categorias tema livre e tema obrigatório)

Tema Obrigatório

1º lugar: Cantinho Doce da Fernanda

2º lugar: Miminhos da Lucinda

3º lugar: Jorge Sequeira

Tema Livre

1º lugar: Lucília Baptista

2º lugar: Pastelaria Doce e Arte

3º lugar: Pastelaria Ana Maria

♦ CONCURSO QUALIDADE na TRADIÇÃO

Melhor Doce Fino: Nélia Figueiras e Glória Furtado

Melhor Doce de Figo: Ana Maria Santos

Melhor Morgado: Graça Carvalho

Melhor D. Rodrigo: Pastelaria Doce e Arte

♦ PRÉMIO “ESCOLHA do PÚBLICO”

Tema Obrigatório: Cantinho Doce da Fernanda

Tema Livre: Lucília Baptista

VENCEDORES do CONCURSO de POESIA “AVÓS e NETOS”

1ºs Classificados

Categoria Avós: José Francisco Rodrigues (61 anos) / Poema “A Lei da Vida”

Categoria Netos: Alexandra Sofia Pinheiro Nascimento (13 anos) / Poema “Memórias de Infância”

2ºs Classificados

Categoria Avós: Arsénio Joaquim Duarte (96 anos) / Poema “Meus Queridos Netos”

Categoria Netos: Laura Duarte Moreira Glória (11 anos) / Poema sem título

3ºs Classificados

Categoria Avós: José Correia Nunes Dinis (67 anos) / Poema sem título

Categoria Netos: Ana Maria Correia Martins (13 anos) / Poema “Amor de Avó e Neta”

Todas as fotos em:   https://www.facebook.com/Municipio-de-Lagos-203563826326416/

Ler mais ...
Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time