Dia: 21 de Set
São Brás de Alportel

São Brás de Alportel (22)

“Vale + Educação”, o "Vale + Natalidade", "+ família"

São Brás de Alportel estabelece acordo com a ARS Algarve para promover a Saúde Oral

No âmbito da estratégia municipal de promoção da saúde, e dando continuidade às parcerias desenvolvidas com a Administração Regional da Saúde (ARS Algarve), com o objetivo de promover a qualidade de vida da comunidade, nomeadamente melhorar o acesso aos cuidados de saúde, a Câmara Municipal de São Brás de Alportel firmou com a ARS Algarve um protocolo de cooperação, tendo em vista disponibilizar consultas de saúde oral no Centro de Saúde no início de 2019.

O Presidente da Câmara Municipal, Vitor Guerreiro, esteve presente, hoje, 18 de setembro, numa cerimónia que teve lugar no Centro cultural de Belém em Lisboa para implementação da estratégia “Saúde Oral para Todos”, na presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos, na qual foram assinados protocolos com 65 câmaras do país.

A ação está integrada na fase de alargamento do projeto-piloto lançado pelo Governo em 2016 para a implementação de consultas de saúde oral no Serviço Nacional de Saúde. O Município de São Brás de Alportel assume-se assim como parceiro desta iniciativa através do seu trabalho contínuo em prol do bem-estar da população em várias áreas de ação, como sejam as políticas sociais e de promoção da saúde.

“A autarquia e a ARS Algarve vão disponibilizar a toda a população do concelho o acesso aos cuidados de saúde oral. Trata-se de um protocolo da máxima importância para a saúde e bem-estar da população, áreas prioritárias para o município”, afirmou o autarca.

Vitor Guerreiro sublinhou ainda que esta é uma medida em prol da prevenção de vários problemas de saúde ao permitir o acesso aos cuidados de saúde oral a muitos são-brasenses que não têm possibilidade de aceder a estas consultas no sistema privado.

Através do protocolo a Câmara Municipal de São Brás de Alportel compromete-se a atribuir um apoio de 24.600,00€ à ARS Algarve para a aquisição de equipamento clínico para a sala de saúde oral que vai ser criada no Centro de Saúde.

A ARS Algarve compromete-se a realizar as obras necessárias na sala reservada para as consultas de saúde oral no Centro de Saúde, a garantir os recursos humanos necessários para as consultas e a formação dos recursos humanos afetos a este serviço, assim como garantir as condições necessárias para o bom funcionamento deste novo serviço, entre os quais se incluem os materiais consumíveis.

O protocolo vai estar em vigor por três anos com possibilidade de renovação.

A iniciativa, a nível local vem complementar o Plano Vale Mais Família, lançado pela autarquia em 2015, que integra já um conjunto de medidas como sejam o «Vale + Saúde – Oftalmologia infantil», com oferta de rastreios gratuitos oftalmológicos a todas as crianças do pré-escolar e primeiro ciclo, mas também o “Vale + Educação”, ao nível de oferta de material escolar; o «Vale + Natalidade», para apoiar a entrada de novos membros na família e o programa de formação «+ família».

Ler mais ...

Passaporte EN 2 à venda no Município de São Brás de Alporte

Passaporte EN2, uma edição da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2

Atravessado pela mítica Estrada Nacional 2, sendo aliás o segundo concelho do seu extremo sul, São Brás de Alportel está contemplado no Passaporte EN2, uma edição da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2 que passou também a estar à venda em São Brás de Alportel – no Gabinete do Munícipe da Câmara Municipal e no Ponto de Informação Turística (no Centro de Artes e Ofícios) em pleno centro histórico da vila.

Este passaporte é uma iniciativa da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2, que o Município de São Brás de Alportel integra, e pretende incentivar turistas nacionais e estrangeiros a atravessar a Rota da EN2 que atravessa 36 municípios, desde Chaves até Faro, ao longo de 738,5 quilómetros, naquela que é mais longa estrada da Europa e a terceira mais extensa do mundo, logo a seguir à Rota 66 dos Estados Unidos da América e à Rota 40 da Argentina.

Pretende-se que os turistas possuidores do passaporte da EN2 possam ir recebendo carimbos pelos locais onde passam ao longo desta grande rota. Numa passagem por São Brás de Alportel é imprescindível parar no Parque da Fonte Férrea, no Centro Museológico do Alportel e na Adega Nunes, três locais onde pode encontrar os desejados carimbos para marcar a sua rota!

Os passaportes estão à venda por 1,00€ na Gabinete do Munícipe da Câmara Municipal e no Ponto de Informação Turística no Centro de Artes e Ofícios de São Brás de Alportel.

Dinamizar a Rota da Estrada Nacional 2 e dinamizar as localidades que atravessa são objetivos da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2 que, no passado mês de julho, promoveu a prova de ciclismo “Grande Prémio da Nacional 2” que passou pelo concelho de São Brás de Alportel (dia 22).

Uma iniciativa que contou com o apoio da Câmara Municipal de São Brás de Alportel.

  

29/08/2018

 
Ler mais ...

Município de São Brás de Alportel prossegue parceria com Associação de Designers do Sul

Município de São Brás de Alportel um apoio à Associação de Designers do Sul,  “Design e Ofícios”, entre outras iniciativas 

O Município de São Brás de Alportel aprovou recentemente a atribuição de um apoio à Associação de Designers do Sul, com vista ao prosseguimento da parceria que a autarquia mantém com esta associação regional e que é responsável pelo projeto “Design e Ofícios”, entre outras iniciativas.

Em parceria com o município são-brasense, a Associação de Designers do Sul tem vindo a desenvolver o projeto “Design e Ofícios”, que tem como objetivo a valorização das artes tradicionais, a sua preservação e a adaptação aos novos desafios, estabelecendo uma ponte entre o artesanato e o design e promovendo o interessante encontro entre gerações. Deste feliz encontro entre seniores artesãos e jovens designers têm resultado a criação de peças únicas, com a modernidade, a originalidade e a autenticidade que só a terra dá!

Este projeto consolidou-se através da realização de residências criativas e tem por ambição ser a base da futura Oficina das Artes de São Brás de Alportel, conforme projeto do município de São Brás de Alportel, integrado no Plano Regional de Valorização dos Recursos Endógenos “PADRE”.

Desde a sua criação, tem dado grande visibilidade a todos os participantes, criadores e artesão, assim como ao concelho, sendo reconhecido pelo Município como uma mais-valia para a salvaguarda deste valioso património cultural imaterial da serra e barrocal algarvios, bem como das matérias-primas naturais que o concelho guarda.

Com cariz socioprofissional, a Associação de Designers do Sul procura estimular o empreendedorismo jovem, razão pela qual é apoiada pela Câmara Municipal na realização das suas atividades.

Durante o mês de maio, a associação apresentou na Galeria Municipal são-brasense a original exposição “Pizza Box Art”, com trabalhos de ilustradores algarvios que ao longo de um ano converteram caixas de piza, que sobravam dos seus convívios, em peças de arte. A exposição contou com a visita de inúmeras  turmas do pré-escolar do concelho, proporcionando às crianças uma divertida aproximação ao mundo da arte, oferecendo-lhes ainda a oportunidade de criar as suas próprias obras em caixas de piza.

Recentemente, na Feira da Serra, que decorreu no final de julho, a associação apresentou a público, alguns dos muitos trabalhos produzidos nas residências criativas.

A associação pretende continuar a desenvolver atividades no concelho com exposições, tertúlias e com a sua participação em diversos eventos no concelho

Ler mais ...

São Brás de Alportel despede-se do verão com a Feira de Saldos de Verão “Stock Out”

Stock Out anima São Brás de Alportel com saldos e animação

São Brás de Alportel despede-se do verão com a Feira de Saldos de Verão “Stock Out” que regressa ao Jardim Carrera Viegas entre 31 de agosto e 2 de setembro. Preços muito apelativos para os mais variados produtos do comércio local unem-se a um intenso programa de animação para toda a família!

No Jardim Carrera Viegas, os visitantes encontram diversos espaços: um espaço comercial, onde marcam presença as diversas lojas do concelho; um espaço de artesanato, dinamizado por artesãos e produtores do concelho, um espaço de animação infantil, onde não faltam aventuras, carrosséis, póneis e muitos outros desafios para os mais pequenos, e ainda o espaço de jogos tradicionais e o espaço dos petiscos!

O recinto abre no dia 31 de agosto, pelas 19h00 e o programa de espetáculos arranca pelas 21h00 com a atuação do Grupo Jasmim (música tradicional ucraniana), seguindo-se a atuação do grupo Tiago Botas e Amigos e o divertido baile, noite fora, animado por Valter Reis.

No sábado, dia 1 de setembro, a Feira de Saldos arranca com mais um Torneio de Malha, pelas 15h00, com o apoio da Junta de Freguesia. Os espaços comerciais abrem as suas portas pelas 17h00. A animação tem início no palco, pelas 20h00, com baile animado por David Brito e as atuações do Duo Margô e do Grupo Fernando Leal e Gang Dughetto.

No domingo, dia 2 de setembro e sempre no primeiro domingo de Setembro, é dia de Feira Tradicional de Verão que decorre no Parque Roberto Nobre, num espaço adjacente ao Jardim Carrera Viegas, juntando-se assim ao Stock Out, que reabre os seus espaços pelas 15h00. O programa de animação mantém-se no Jardim Carrera Viegas, onde a animação marca encontro com os visitantes a partir das 18h00, com as  atuações do Rancho Folclórico da Velha Guarda, do Grupo Cante Andarilho, Carlos Granito e ainda o animado bailarico com Luís José. Pelas 20h30, o Clube do Museu, como é já uma tradição, apresenta um desfile de moda especial, com peças feitas em papel crepe!

O Stock Out São Brás – Feira de Saldos de Verão de 2018 é organizado pela Câmara Municipal de São Brás de Alportel e pela ACRAL – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve e conta com o apoio da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, do Motoclube “Os Unidos da Estrada” e do Museu do Traje.

Ler mais ...

Projeto-piloto vai monitorizar consumo de água na zona serrana de São Brás de Alportel

A água é um recurso valioso, que o Município de São Brás de Alportel procura valorizar.

Com este objetivo está a ser implementado, desde o passado mês de outubro, o Plano Municipal de Poupança de Água. Neste âmbito, a autarquia prepara o arranque de um novo projeto que visa o controlo e monitorização de consumos de na zona serrana do concelho, onde o abastecimento e efetuado diretamente pela autarquia, dado não ser ainda possível integrar esta área no sistema multimunicipal de abastecimento de água.

O projeto, em primeira fase piloto, vai incidir sobre a área mais a norte do concelho, que engloba os sítios de Cerro da Ursa, Monte Capitães, Lages e Cabanas, Fronteira e Alfarrobeira, com aproximadamente 20 edificações, onde vão ser colocados equipamentos de controlo e monitorização dos consumos de água.

Esta zona, fortemente fustigada pela escassez de água motivada pelas secas cada vez mais intensas dos últimos anos, uma das consequências das alterações climatéricas, constituirá assim o início desse projeto que pretende ser alargado a toda a área serrana.

É pois fundamental controlar metrologicamente os consumos efetuados em cada edificação para gerir a água disponível e detetar eventuais falhas no abastecimento à população, razão pela qual o município procedeu à aquisição de contadores, investimento que pretende assegurar o direito de acesso à distribuição de água a todos os cidadãos de uma forma equitativa e equilibrada.

Após a execução de todas as fases, monitorizado o consumo em toda a zona serrana, poderá a Câmara Municipal criar alguns procedimentos com vista à poupança de água e à sua distribuição e consumo de forma mais equitativa.

Ler mais ...

São Brás de Alportel instalação de mais cinco ilhas ecológicas e de seis oleões

 

O Município de São Brás de Alportel está a dar continuidade ao projeto de colocação de ecopontos

 Vila de São Brás de Alportel, com a instalação de mais cinco ilhas ecológicas e de seis oleões, os cinco conjuntos de ecopontos subterrâneos vão ser instalados na zona urbana em locais de maior densidade populacional, onde se regista boa adesão à deposição seletiva e, como tal, onde é necessário reforçar o número de equipamentos ao dispor da comunidade.

O concurso público para a aquisição dos novos contentores já foi lançado pelo Município, estando previsto um investimento na ordem dos 70 mil euros que conta com financiamento do POSEUR a 85% e está integrado numa candidatura, de promoção da reciclagem multimaterial de resíduos, apresentada pelo Município que inclui ainda oito ecopontos subterrâneos e cinco oleões colocados numa primeira fase.

A candidatura teve um reforço físico e financeiro aprovado que permitiu esta segunda fase e que contempla ainda o lançamento da empreitada para a colocação dos ecopontos e de mais seis oleões.

Esta aposta no reforço de ecopontos subterrâneos é um dos eixos da estratégia de promoção da qualidade ambiental definida pelo município, que tem por prioridades a promoção da higiene e limpeza do espaço público e a deposição seletiva de resíduos, com vista à sua crescente reciclagem e valorização.

Ler mais ...

Prevenção dos incêndios rurais do São Brás Alportel do 2018

A prevenção dos incêndios florestais é uma missão absolutamente prioritária para o município de São Brás de Alportel.

Gerindo os recursos da melhor forma possível, fazendo uso de programas e parcerias, o município implementa no terreno, e sob coordenação do Serviço Municipal de Proteção Civil, uma Estratégia de Prevenção que na edição de 2018, surge reforçada, com 30 medidas que envolvem um grande esforço do Município e a impreenchível colaboração de um vasto conjunto de entidades locais, regionais e, até mesmo, de alcance nacional.

Uma estratégia que se traduz em trabalho de prevenção no terreno, sem descurar o importante trabalho de sensibilização e informação à população para a adoção de comportamentos de prevenção e proteção!

Este é um trabalho de continuidade, na busca contínua pela melhoria de estratégias e rentabilização de recursos que é realizado pelo Município e pela rede de parceiros que constituem a Comissão Municipal de Defesa da Floresta de São Brás de Alportel, que a 16 de abril aprovou o Plano Operacional Municipal para 2018, uma ferramenta fundamental para a prevenção e proteção da floresta contra incêndios.

O plano foi aprovado durante a primeira reunião de 2018 desta comissão onde também foi apresentada a proposta de revisão do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de São Brás de Alportel 2017-2021 e analisado o processo de criação de duas novas Zonas de Intervenção Florestal no concelho - designadas por Cova da Muda e Cabeça do Velho, que se encontra a bom ritmo.

Desde 1 de julho, com o início do Período Crítico, em simultâneo com o avanço do Empenhamento Operacional Reforçado, ao nível da Autoridade para a Proteção Civil, avança no concelho a Estratégia Municipal, que neste período tem em curso 30 medidas.

Os trabalhos de limpeza de bermas, com trabalhos realizados quer pelo Município, quer por empresas adjudicatárias e pela Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, são uma das mais importantes medidas desta estratégia; complementada por mais uma empreitada de limpeza e manutenção da Rede Viária Florestal, adjudicada pelo Município.

A construção de um novo ponto de água para abastecimento de meios aéreos de combate a incêndios; e a realização de Rede Primária de Faixas de Combustível (mediante candidatura ao Plano de Desenvolvimento Rural - PDR), bem como realização de Redes Secundárias de Faixas e Faixas de Interrupção de Combustível (mediante candidatura ao Fundo Florestal Permanente), são objeto de candidaturas da maior importância para fortalecer o combate da prevenção, porquanto é fundamental manter a floresta mais limpa e mais segura.

O recente levantamento da população da área serrana do concelho, com devida georreferenciação de habitações, elaborado pelo Serviço de Proteção Civil e Serviços Sociais, com apoio dos Bombeiros e GNR constitui outro eixo fundamental desta estratégia. Complementa-o a implementação local do programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”, que já está em curso no concelho, assim como a realização de uma nova campanha de Informação e Sensibilização da População e muitas ações e sessões de esclarecimento.

Decorrem, em simultâneo, ações de fiscalização sobre a limpeza de terrenos em redor de habitações.

O programa de vigilância do Exército Português nas zonas rurais do concelho de São Brás de Alportel prossegue em 2018, fruto de um protocolo renovado com o município.

Mantém-se igualmente a medida crucial de pré-posicionamento de um veículo e da respetiva equipa de bombeiros para combate a incêndios na Serra do Caldeirão, a vigilância pela NGR na Torre de Vigia da Menta e o patrulhamento do território pelas equipas SEPNA da GNR complementado pelas patrulhas do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS).

A recém-formada equipa de Sapadores Florestais do concelho, no terreno desde março, está a dar um importante contributo com trabalhos de silvicultura preventiva.

Às entidades cabem importantes responsabilidades. Nesta estratégia, as Infraestruturas de Portugal assumem a responsabilidade de criar Faixas de Gestão de Combustível na rede secundária, ao longo das estradas EN 270 e EN2; enquanto a  Rede Elétrica Nacional (REN) e a EDP garantem a criação de Faixas de Gestão de Combustível, sob as respetivas linhas elétricas de muito alta, alta e média tensão que atravessam o concelho.

Este ano está também no terreno o Programa de Voluntariado Jovem para vigilância da floresta, numa parceria com o projeto “Cria Mais”, muito relevante na consciência cívica que precisamos fomentar.

E foram também fortalecidas as profícuas parcerias com as Associações de Caçadores.

Esta é uma estratégia onde todas as entidades e todos os cidadãos têm lugar!

Porque Defender a Floresta é uma Missão de Todos!

“Pretende-se que esta estratégia e sinergia de esforços permitam não só rentabilizar recursos e aligeirar procedimentos, mas que acima de tudo alcance os resultados a que nos propomos: defender a nossa floresta, proteger as pessoas, não apenas os residentes, mas também todos aqueles que nos visitam e que queremos que se sintam seguros entre nós”, segundo palavras de Vitor Guerreiro, Presidente da Câmara Municipal.

Ler mais ...

São Brás de Alportel na Rede Regional de Apoio e Proteção às Vítimas de Tráfico de seres Humanos

O Município de São Brás de Alportel passou a integrar a Rede Regional de Apoio e Proteção às Vítimas de Tráfico de Seres Humanos, no âmbito do trabalho do município na área da intervenção social. Dada a centralidade do concelho na zona central da região, entre os mais importantes centros urbanos; e a aposta que vem sendo realizada na ampliação de respostas ao nível social, nomeadamente com parcerias para apoio a vítimas, esta adesão vem complementar a estratégia delineada pela Carta Social de São Brás de Alportel.

Criada com o objetivo de disponibilizar uma resposta de intervenção em rede que integre as componentes de combate ao Tráfico de Seres Humanos (TSH) e de apoio especializado e multidisciplinar às suas vítimas, no âmbito do território regional, este Rede representa um importante esforço da região, atenta a um fenómeno infelizmente muito atual e mais presente do que seria desejável.

O trabalho realizado pela rede é articulado diretamente com a Rede Nacional de Apoio e Proteção às Vítimas de Tráfico e adota os instrumentos existentes para a sinalização e encaminhamento das vítimas.

A Associação para o Planeamento da Família (APF), a Associação de Proteção à Rapariga e à Família, a Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, a GNR, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), as delegações de Olhão e Tavira da Cruz Vermelha Portuguesa, a Universidade do Algarve, o Grupo de Ajuda a Toxicodependentes, a Associação Nacional de Jovens Empresários, a Fundação Irene Rolo e as Câmaras Municipais de Vila do Bispo e São Brás de Alportel integram também este Protocolo de Cooperação que criou a rede em setembro de 2016.

O trabalho da Rede Regional de Apoio e Proteção às Vítimas de Tráfico de Seres Humanos passa ainda pela prevenção de situações de revitimização através da promoção das capacidades e das competências das vítimas assim como o apoiar o retorno assistido das vítimas estrangeiras aos seus países de origem e informar as vítimas de TSH dos seus direitos e deveres na permanência em Portugal.

Ler mais ...

Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel celebram 90 anos

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários (AHBV) de São Brás de Alportel celebra o seu 90.º aniversário de serviço à comunidade no próximo dia 22 de outubro.

As comemorações dos 90 anos da associação têm início marcado pelas 09h30 com apresentação da Formatura na Avenida da Liberdade. O Largo de São Sebastião foi escolhido para a Cerimónia de Hastear da Bandeira, marcada para as 10h00. Os soldados da paz são-brasenses rumarão ao Cemitério Municipal, pelas 10h30, para prestar homenagem aos bombeiros falecidos. Seguidamente, o Salão Nobre da Câmara Municipal é o anfitrião da Sessão Solene que está marcada para as 11h30.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel é a coletividade mais antiga do concelho, com 90 anos ao serviço da comunidade. Fundada a 27 de agosto de 1927, teve na sua origem um violento incêndio urbano, que eclodiu numa fábrica de cortiça do concelho. A ocorrência levou o Sr. Manuel Pires Rico a desafiar um grupo de são-brasenses a criar um Corpo de Bombeiros, ideia que foi apoiada por várias gerações de homens e mulheres que com altruísmo, coragem, abnegação e espírito de missão, souberam ao longo dos anos, elevar o nome dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel. 

Atualmente, a Direção da Associação é dirigida pelo Presidente Eng.º Acácio Martins e o Corpo de Bombeiros é dirigido pelo Comandante Vítor Martins, que comanda um Corpo de Bombeiros com cerca de seis dezenas de bombeiros voluntários e profissionais, que constituem elementos ativos da atividade de Proteção Civil realizada no concelho.

Ler mais ...

São Brás de Alportel cria duas Zonas de Intervenção Florestal

São Brás de Alportel tem a oportunidade de criar duas novas Zonas de Intervenção Florestal (ZIF) na Serra do Caldeirão, no âmbito do Plano Nacional que está em curso.

O aviso de abertura das candidaturas para a constituição de novas áreas de intervenção foi publicado a 02 de outubro.

A constituição da Zona de Intervenção Florestal necessita urgentemente de um núcleo fundador, com uma base de 180 hectares, pelo que neste momento é essencial a adesão do maior número de proprietários até à quinta-feira, 12 de outubro.

A Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, com sede em Barranco do Velho, parceira do Município de São Brás de Alportel, na gestão do território e defesa da floresta, encontra-se a preparar uma candidatura para a constituição de duas novas Zonas de Intervenção Florestal (ZIF) no concelho: ZIF II – Arimbo (que compreende a área mais a sul da zona serrana do concelho, integrando os sítios de Arimbo, Pêro de Amigos e Cova da Muda até Javali) e ZIF III - Cabeça do Velho (que compreende uma vasta área a norte do concelho, com um perímetro que integra Cabeça do Velho e Parises).

A criação destas duas novas Zonas de Intervenção de Florestal virá reforçar o trabalho de proteção da floresta contra incêndios, complementando o que tem vindo a ser desenvolvido, na única zona existente até ao momento, a ZIF I (que integra Javali, Menta, Corgas Bravas, Boiça, entre outros sítios).

As Zonas de Intervenção Florestal têm um papel fundamental na gestão do território florestal, permitindo aos proprietários de terrenos nestas áreas ser representados por uma entidade competente para criar planos de ação e preparar candidaturas a fundos nacionais e comunitários, que reforcem a capacidade de intervenção no território.

A adesão a uma Zona de Intervenção Florestal é gratuita e o proprietário dos terrenos integrados nesta área, pode beneficiar de apoios para a limpeza e valorização das suas propriedades, previstos para estas zonas assim constituídas.

Ler mais ...
Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time