Dia: 19 de Nov

Itens filtrados por data: segunda, 09 julho 2018

“Tavira, Os Dias do Vinho”

Feiras temáticas na baixa da cidade da Tavira

De 13 de julho a 09 de setembro, a Rua do Cais acolhe diferentes feiras: dos Vinhos, do Livro, dos Ofícios, de Velharias e Antiguidades, de Stocks e a Feira da Dieta Mediterrânica.

De 13 a 15 de julho, entre as 18h00 e a meia-noite, é possível visitar “Tavira, Os Dias do Vinho”, a qual conta a com presença de cerca de 40 produtores de vinho. Um evento organizado pelo grupo Cegos por Provas em parceria com a Rota dos Vinhos do Algarve e a colaboração do Município de Tavira.

De 19 de julho a 05 de agosto, entre as 19h00 e as 24h00, estão representadas, na 24.ª Feira do Livro mais de 50 editoras portuguesas, num total de 42 pavilhões.

De 07 a 15 de agosto, entre as 19h00 e as 24h00, decorre a Feira dos Ofícios, numa organização da Associação de Artes e Sabores de Tavira (ASTA), a qual conta com o apoio da autarquia tavirense. Este acontecimento constitui uma oportunidade para apreciar o diversificado artesanato da região, assim como os ofícios tradicionais e o trabalho “ao vivo” que fazem parte do património cultural do Algarve.

A Feira de Velharias e Antiguidades tem lugar, entre 17 e 27 de agosto, entre as 20h00 e a meia-noite, e conta com a presença de diversos antiquários. Esta mostra tem como objetivo apresentar e comercializar peças para colecionadores ou simples interessados.

A Feira de Stocks de Tavira decorre de 30 de agosto a 02 de setembro, entre as 19h00 e as 23h30. Esta iniciativa, cofinanciada pelo Programa Operacional Regional do Algarve – CRESC Algarve 2020, é promovida pela Associação da Baixa de Tavira com a participação de comerciantes locais. Os visitantes terão, desta forma, a oportunidade de adquirir produtos resultantes de stocks das mais diversas marcas, a preços acessíveis.

Tavira, enquanto comunidade representativa da Dieta Mediterrânica como Património Cultural Imaterial da Humanidade, promove, de 06 a 09 de setembro, na baixa da cidade, a VI Feira da Dieta Mediterrânica.

Trata-se de uma iniciativa conjunta do Município de Tavira, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, da Universidade do Algarve, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, da Direção Regional de Cultura, da Região de Turismo do Algarve, da Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António e do Algarve, da empresa municipal TaviraVerde e da Associação In Loco.

  • Publicado em Tavira
Ler mais ...

Foz do Rio Guadiana ganha novo

Foz do Rio Guadiana ganha novo equipamento turística estrutura dará apoio ao primeiro hotel de cinco de estrelas do concelho abertura está prevista para o final do Verão

A presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, e a Presidente do Conselho de Administração da Docapesca, Teresa Coelho, inauguraram, esta quinta-feira, o Beach Club do futuro hotel Grand House Algarve.

O arranque do Beach Club, situado na zona da Ponta da Areia, junto ao rio, constitui o primeiro passo da reativação do renovado Hotel Guadiana no concelho de VRSA, cuja abertura se encontra prevista para o terceiro trimestre de 2018.

A sua entrada em funcionamento representa igualmente um passo em frente no processo de requalificação da foz do Rio Guadiana, um lugar estratégico para o turismo náutico e porta de entrada para o Atlântico e Mediterrâneo.

«Tudo isto são boas notícias para a economia. Vamos, em breve, abrir o primeiro hotel de 5 estrelas do concelho, o que representa investimento, dinamização económica e sobretudo a criação de emprego, com 40 postos de trabalho», afirma Conceição Cabrita, presidente da Câmara Municipal de VRSA.

O valor total do investimento (Hotel e Beach Club) ascende aos 3,9 milhões de euros, dos quais 2,4 milhões foram aplicados na reabilitação de património.

De acordo com a diretora geral do Grand House Algarve, Marita Barth, o Beach Club será um dos equipamentos de apoio ao renovado hotel Guadiana, que terá 31 quartos - 15 duplos, 3 suites júnior e 13 quartos individuais – e a configuração de um boutique hotel.

Para Conceição Cabrita, «a requalificação do Hotel Guadiana representa também a devolução, à cidade, de um edifício de referência que permite a conjugação do turismo cultural e a promoção do património, que tem como expoente máximo o edifício da antiga alfândega, recuperado ao abrigo do programa Jessica, e que será uma extensão do hotel».

 

Em paralelo à recuperação do Hotel Guadiana, é intenção da autarquia de VRSA transformar o Centro Histórico da cidade numa referência em termos turísticos, estando para isso em marcha um ambicioso projeto que pretende converter três imóveis pombalinos, propriedade da Câmara Municipal de VRSA, numa Pousada de Portugal.

  • Publicado em Turismo
Ler mais ...

Farol de Alfanzina - Carvoeiro abre a visitas em julho e agosto

Direção-Geral da Autoridade Marítima e o “Lagoa Académico Clube"

A Câmara Municipal de Lagoa assinou, no passado dia 3 de julho, em Faro, um protocolo de colaboração com a Direção-Geral da Autoridade Marítima e o “Lagoa Académico Clube” com o objetivo de garantir a visita ao Farol de Alfanzina, em Carvoeiro, durante os meses de julho e agosto, mediante um serviço de voluntariado que cative jovens para o trabalho.

As visitas estão a ser efetuadas até ao dia 31 de agosto, de terça-feira a domingo, entre as 14h30 e as 18h30, com o apoio de jovens voluntários entre os 16 e os 30 anos que se candidataram ao programa de ocupação dos tempos livres do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), “Geração Z”, através do Portal da Juventude.

O Farol de Alfanzina é um dos 30 faróis do Continente, seis dos quais no Algarve, é uma infraestrutura de apoio à navegação, garantindo a segurança ao tráfego marítimo

Este protocolo surge com o sentido de fomentar e promover o voluntariado, e, concretamente, o voluntariado cultural, não só no Farol de Alfanzina, mas também noutras atividades que sejam consentâneas com os princípios em causa. A autarquia de Lagoa pretende, assim, desenvolver um conjunto de iniciativas que diversifiquem, qualifiquem e inovem as políticas culturais; valorizem o património histórico e museológico, os valores da cultura imaterial presente no seu território; e garantam o contacto e a interatividade das comunidades locais.

Ao “Lagoa Académico Clube” parceiro no protocolo cabe articular com os jovens voluntários as visitas ao Farol de Alfanzina no âmbito do voluntariado como uma atividade inerente ao

exercício de cidadania, traduzível em ações de solidariedade, altruísmo, boas práticas sociais para com o próximo e o mundo envolvente, exercida de forma livre e organizada.

  • Publicado em Lagoa
Ler mais ...
Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time