Dia: 18 de Dez

Itens filtrados por data: terça, 07 agosto 2018

Acordo tarde com um grito esganiçado que bradava - Anda cá Brutus! Prontos.

Acho que como não tenho tendências para mudar de sexo, o melhor mesmo, se quiser ser aceite por esta sociedade, (se é que quero) terei que comprar um cão... e um saco de plástico.

São 7 da manhã na praia de Faro.
Acordo tarde com um grito esganiçado que bradava - Anda cá Brutus!
Prontos.
A "Procissão das Necessidades" tinha começado logo cedo. Os canídeos aflitos já tinham acordado a família toda e as donas e os donos ou ás vezes os dois atrelavam-se aos seus fiéis amigos e toca para a procissão. 
Abro a janela e um Brutus em tamanho XXl alivia os intestinos na areia da Ria Formosa junto á passadeira.
Não me contenho, e grito " eu não ainda não fui cagar á sua porta!". Saiu-me, nem me tenho como mal criado, mas não sou de ir em procissões.
A dona do "Burro" voltou-se e visivelmente incomodada, responde - Eu ia limpar!
Prontos.
Esta necessidade estaria quase resolvida, no fim da limpeza vem sempre um pé de areia que tapa as partes mais liquidas que a pequenas mãos não conseguem abarcar.
O Brutus lá foi á sua vida, com a sua dona da Linha, decerto mijar encostado a um saveiro virado ao contrário. 
O Sol vai subindo e a procissão continua. 
A Av. Nascente da Praia de Faro do lado da Ria tornou-se a instalação sanitária de devotos canídeos de todas as raças, finos e atrelados a donos e donas de todas as idades. 
Lulus, pastores alemães, caniches, boxers e até rafeiros alentejanos defecam religiosamente nos mesmos sítios todos os dias,
Os donos, também eles das mais variadas raças, transportam os saquinhos com que apanham os dejectos dos seus queridos "filhos". Às vezes, transportam os saquinhos. Às vezes.
Passa agora uma senhora de fio dental com 3 bichos tipo Buldog rebaixado que se lhe enleiam nas pernas. 
Conheço, a senhor claro. Pergunto pelo saco, mostra-me um saco cor-de-rosa que eu pensava que era um adorno do Biquíni. Boa. Afinal já há sacos para merda fashion. Merdas que eu nem tinha pensado. 
Um pouco mais ao lado, um casal de namorados ainda adolescentes, ou mesmo crianças pois adolescentes agora vão até aos 24 anos, passeiam um Huskie branquinho. ás vezes beijam-se, os namorados sonhando em nunca ter filhos. O Huskie alivia as necessidades fecais. Saco não há. É uma geração mais avançada e deve ter uma aplicação no telemóvel que fará a transferência da Merda para a sanita da casa alugada.
Imediatamente a seguir a rapariga abraça e beija o cão efusivamente. Deduzo que andaria de prisão de ventre (o cão, claro) e que finalmente se poderia dormir qualquer coisa lá em casa.
Do lado direito surgem duas raparigas do mesmo sexo, já entradotes que em passo apressado qual puxadas por 3 cães de trenó, sonham chegar á Barrinha e banhar-se em família antes que venha a invasão de barcos a motor carregados com malta que veio das praias onde o Marcelo toma banha. 
É a segunda fase da procissão, são os que não dormiram na praia e vieram cedo para arranjar estacionamento. 
Em sentido contrário uma senhora embrulhada num pano colorido com óculos Prada trás dois canitos que não consigo identificar. Cumprimenta. 
Do outro lado vem um homem, fumando, não conheço, acho que veio contrariado pela cara que trás. A mulher que ainda deve estar dormindo deve tê-lo mandado passear o cão, pois está de férias, ela, claro, e tem de dormir mais um bocado. 
Prontos.
O calor já aperta e a procissão enfraquece de devotos. 
Percebo pois como é possível ouvirmos dizer a um ministro que o problema da CP é do Verão. Percebo porque diz António Costa que precisamos de imigrantes. Percebo como se pode ouvir Marcelo dizer que já está tudo bem com os incêndios e que já está tudo controlado. Percebo como pode o Bloco de Esquerda justificar o Robles. Percebo que o governo aumentar 10 euros nas reformas seja o suficiente para as sondagens lhe darem a maioria absoluta, Percebo porque ninguém se indigna e diz que nucas estiveram tão bem na vida. 
Percebo que cada vez estou mais longe deste marasmo, e que vou ser descriminado. Acho que como não tenho tendências para mudar de sexo, o melhor mesmo, se quiser ser aceite por esta sociedade, (se é que quero) terei que comprar um cão... e um saco de plástico.  

Boas férias.

By Fanan



Ler mais ...
Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time