Dia: 17 de Fev
Algarvemais

Algarvemais

URL do Sítio:

Câmara de Alcoutim renova protocolo com Associação Cumeadas


Associação Cumeadas - Associação de Proprietários Florestais das Cumeadas do Baixo Guadiana

A Câmara Municipal de Alcoutim deliberou, em reunião realizada ontem, a renovação de um protocolo de colaboração com a Associação Cumeadas - Associação de Proprietários Florestais das Cumeadas do Baixo Guadiana, no sentido de garantir o desenvolvimento de ações de conservação e valorização do património natural, endógeno, agrícola e florestal.

Nos termos do documento, a autarquia apoia a Cumeadas com 20 mil euros anuais, investidos em ações de silvicultura preventiva, para reduzir o risco de incêndios; ações de vigilância de incêndios e apoio ao combate (primeira intervenção, ações de rescaldo e vigilância após o rescaldo); assim como ações de sensibilização junto das populações e colaboração na organização de jornadas e eventos.

Refira-se que a Cumeadas tem prestado um importante apoio aos produtores florestais alcoutenejos em especial no que concerne ao acompanhamento nas candidaturas aos pedidos únicos agrícolas como forma de rentabilizar as suas terras. Com sede na aldeia do Pereiro, a Cumeadas tem como área de intervenção todo o concelho de Alcoutim e duas freguesias do concelho de Castro Marim (Azinhal e Odeleite).

A associação tem como principal missão dinamizar o investimento sustentável, procurando descomplicar os projetos de desenvolvimento. A Cumeadas é hoje, também, um parceiro na defesa da floresta e dos seus recursos e na gestão e ordenamento do seu território.

1.ª semifinal do Festival da Canção 2019 arranca este sábado, rumo à Grande Final em Portimão

 

53ª edição do Festival da Canção da RTP - Grande Final em Portimão já se encontram à venda

Tem lugar este sábado, 16 de fevereiro, a primeira semifinal da 53ª edição do Festival da Canção da RTP, rumo à escolha da canção que representará Portugal no Eurovision Song Contest 2019, que será conhecida na Grande Final de 2 de março, no Portimão Arena.

Os ingressos para a grande final foram esta sexta-feira, 15 de fevereiro, colocados à venda, pelo valor de 5,00 €, e podem ser adquiridos no Portimão Arena (dias úteis, 9h00-13h00, 14h00-17h00), no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão (terça-feira a sábado, 13h30-18h00), nas Lojas FNAC, Worten e El Corte Inglês, nos postos CTT – Correios de Portugal, em Pousadas da Juventude, na Agência ABEP – Lisboa e em https://portimao.bol.pt/, www.bol.pt e em www.facebook.com/bol.

O espetáculo tem início marcado para as 21h00, sendo a abertura de portas às 19h30 e o encerramento das portas da sala de espetáculos às 20h30, de forma a assegurar a transmissão televisiva. A idade mínima para assistir é de 6 anos.

Este sábado, a partir das 21h00, acompanhe em direto na RTP1, na RTP Internacional e RTP África a primeira semifinal, com a apresentação de oito dos 16 candidatos a representar Portugal no Festival da Eurovisão 2019 - Ana Cláudia, João Campos, Soraia Tavares, Calema, Conan Osíris, Ela Limão, Filipe Keil e Matay, num espetáculo apresentado por Tânia Ribas de Oliveira e Sónia Araújo, dois rostos bem conhecidos do público português.

A 23 de fevereiro, igualmente a partir das 21h00, terá lugar a segunda semifinal, apresentada por Jorge Gabriel e Carlos Malato, com os candidatos: Lara Laquiz, Dan Riverman, Mariana Bragada, João Couto, Madrepaz, Surma, Mila Dores e NBC.

De cada semifinal serão eleitos quatro candidatos para a Grande Final da 53ª edição do Festival da Canção que terá então lugar, no dia 2 de março, no Portimão Arena, e será conduzida pelos apresentadores Filomena Cautela e Vasco Palmeirim. A canção eleita em Portimão representará Portugal no Eurovision Song Contest 2019 (Festival da Eurovisão da Canção), que terá lugar a 14, 16 e 18 de maio, em Telavive, Israel.

As canções candidatas já se encontram disponíveis na íntegra no Youtube do Festival da Canção e nas várias plataformas digitais de distribuição de música.

De referir que os vídeos de apresentação dos candidatos foram gravados em Portimão e em zonas circundantes, em experiências únicas e singulares que os turistas e visitantes podem, de igual forma, usufruir durante todo o ano na região. Conduzir um carro de alta cilindrada num circuito fechado, jogar uma partida de golf, navegar junto à costa ou subir o rio Arade, saltar de um avião a 4.600 metros de altitude, apreciar um pôr do sol em Alvor, visitar o Museu de Portimão, comprar local no Mercado Municipal, aprender a confecionar Doce Fino ou uma cataplana, ou participar numa corrida de karts foram, desta modo, algumas das experiências proporcionadas aos 16 artistas candidatos e que, em qualquer altura, podem ser usufruídas por quem visite o município, no âmbito da sua oferta turística.

As semifinais e Grande Final da 53ª edição do Festival da Canção da RTP serão, ainda, e à semelhança do ano passado, emitidas com língua gestual através do site da RTP, na área de acessibilidades, em https://www.rtp.pt/wportal/acessibilidades/gestual/.

 

António Manuel Ribeiro com Manuel S. Fonseca, Yara Monteiro “És Meu, Disse Ela”

               

 

 

 A tertúlia literária com os autores Manuel S. Fonseca (autor, cinéfilo e editor literário), Yara Monteiro (escritora e artista plástica; autora do romance “Essa Dama Bate Bué!”) e António Manuel Ribeiro (músico, cantor, poeta e líder da banda portuguesa de rock UHF. Autor do livro biográfico “És Meu, Disse Ela”) a duração: 1h30 | Classificação etária: M/12 | Público-alvo: publico em geral | Condições de acesso: Gratuito.

MANUEL S. FONSECA
Manuel S. Fonseca fez Filosofia na Universidade Clássica de Lisboa e é editor e autor. Viveu a infância, juventude e o saboroso começo da idade adulta em Luanda, o que deixou marcas irreversíveis. Admira a esplêndida luz de Lisboa, a sua cidade. 
Os livros e o cinema sempre foram a paixão da sua vida. Com estágios na UCLA Film Archive, Los Angeles (1986) e na Cinémathèque Française, Paris (1984), escreve nos jornais e na rádio sobre filmes e livros desde 1980, como é o caso do “Expresso”, do “Semanário”, das revistas “Face” e “Marie Claire”, da RDP, e recentemente dos jornais “Correio da Manhã” e “Jornal de Negócios”. Foi programador na Cinemateca Portuguesa e na RTP 2. Foi director de programas na SIC, administrador na Valentim de Carvalho Filmes e produtor cinematográfico. Na área da edição livreira fundou as editoras Três Sinais (extinta) e a Guerra & Paz (2006), editora apostada a fazer da leitura “uma experiência”, a “inventar os seus próprios livros”: daí as edições cuidadas e singulares, os textos polémicos, a irreverência dos projectos gráficos, a perdição pelos autores “malditos”, o desafio por “livros únicos”. 
Como produtor cinematográfico produziu mais de uma dúzia de filmes, entre eles “Amália – O filme” (2008), de Carlos Coelho da Silva, distinguido com 3 nomeações e 4 prémios; “88”, (2010) de Edgar Pêra, vencedor do Prémio CinEuphoria Awards 2010; “Amo-te, Teresa” (2000) de Cristina Boavida e Ricardo Espírito Santo (Premio Globos de Ouro 2001 para o melhor filme feito em televisão) e a série “A vida privada de Salazar” (2009) distinguida com 2 prémios. 
É autor de uma extensa e diversa produção literária e jornalística que passa pela ficção, pela poesia, a crónica, a investigação, o ensaio, a tradução. Publica regularmente textos de crítica literária e de cinema em blogues pessoais e colectivos. O seu blogue pessoal actual é “A Página Negra” de Manuel S. Fonseca

YARA MONTEIRO
Yara Monteiro nasceu em Angola, na província do Huambo em 1979. Tem as suas raízes familiares no Planalto Central de Angola e no Norte de Portugal. Com dois anos de idade, vem com a mãe e a família materna para Portugal e cresce na Margem Sul. É na adolescência, que estimulada pela sua professora de Português, começa ativamente a escrever. 
É licenciada em Recursos Humanos e trabalhou na área por quinze anos. Em 2015, enquanto vive no Brasil inicia a sua busca de conexão interior e em 2016 embarca numa viagem xamânica na Amazónia que transmuta a sua vida. Faz um auto-eject e abandona por completo o mundo empresarial. É casada, vive no Alentejo, dedica-se à escrita e às artes plásticas. Já viveu em Londres, Copenhaga, Rio de Janeiro e Atenas. Pratica yoga e meditação. 
“Essa Dama Bate Bué!” (2108) é um romance urbano, afropolitan e marcadamente feminino que dá conhecer ao leitor a história de autodescoberta de uma jovem luso-angolana no começo do século XXI.

ANTÓNIO MANUEL RIBEIRO 
Nasceu em Almada em 1954. Fez o liceu entre as duas margens do Tejo. Podia ter sido arquitecto, viveu (bem) da pintura nesses anos que antecederam a revolução de Abril, mas o destino ofereceu-lhe a Faculdade de Direito em 1974. Farto da guerrilha política, foge para Filologia Românica em 1976. Estagia no jornal Record, onde fica até 1980.
Fundou os UHF em 1978; três anos depois o país rende-se ao hino Cavalos de Corrida. Integrou, como independente, as candidaturas presidenciais MASP I e II, de Mário Soares, e as primeiras de Manuel Alegre, Fernando Nobre e Paulo de Morais. Em 1993 é eleito deputado municipal em Almada. No final de 2012, foi nomeado embaixador do Direito de Autor da Sociedade Portuguesa de Autores. 
Assina crónicas em jornais e rádios, sem regularidade.
BIBLIOGRAFIA: “Todas As Faces de Um Rosto” (poesia, 2002); “Se o Amor Fosse Azul Que Faríamos Nós da Noite” (poesia, 2003); “Cavalos de Corrida – A Poética dos UHF” (antologia, 2005); “O Momento a Seguir” (poesia, 2006); “Por Detrás Do Pano” (crónicas, 2015), e “És Meu, disse Ela” (biografia, 2018)
DISCOGRAFIA: Está representado com os UHF em 171 edições, incluindo compilações com outros artistas. O solo editou: “É Hoje/Agora” (1987); “Pálidos Olhos Azuis” (1992); “Sierra Maest

III Mostra Silves Capital da Laranja nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro de 2019

 

FIM DE SEMANA COM SABOR A LARANJA OFERECE VOOS DE BALÃO A PARTICIPANTES

O 3.º Fim de Semana com Sabor a Laranja acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro e coincidirá com a realização da III Mostra Silves Capital da Laranja, ou seja, terá lugar nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro de 2019.

Dezanove restaurantes participam, este ano, neste fim de semana gastronómico e diferente: A Ladeira, A Mesquita 2, Barbinha, Café Inglês, Casa Velha, Churrasqueira Valdemar, Marisqueira Rui, O Barradas, O Pina, Paulo´s Piza, Pérola do Arade, Ponte Romana, Porco Goloso, Recanto dos Mouros, Sushi Love, Taberna Almedina, Tasca do Bené, Ú Monchiqueiro 1,Ú Monchiqueiro 2.

Pratos tradicionais como Entrecosto no Forno com Laranja, Rojões de porco com migas com Laranja; pratos de alta cozinha, como Magret de pato com molho de laranja de Silves, ou criativos e originais, como Filete de peixe-gato frito servido com redução de laranja ou Muxama de Atum com compota de laranja e amêndoa e até mesmo internacionais, como Pizza de Lombo fumado com laranja cogumelo e pimento, Porchetta Toscana ao Sabor de Laranja de Silves ou Pato com Laranja são algumas das propostas que serão servidas nos restaurantes aderentes, que complementarão os seus menus com sobremesas feitas com a laranja de Silves. Pudins, musses, e tortas, tudo feito com a laranja.

A grande novidade desta edição é que serão oferecidos um passeio de balão e um fim de semana numa unidade hoteleira do concelho a todos os que forem aos restaurantes e preencherem um cupão que será sorteado durante a mostra e pedirem a fatura que deverá ser anexada ao referido cupão.

Esta iniciativa insere-se na estratégia da autarquia para promoção da marca “Silves, Capital da Laranja” e que procura dar maior notoriedade ao produto laranja, emblemático deste concelho e aos seus produtores. Um fim de semana inteiramente dedicado à gastronomia feita com recurso a este produto permitirá realçar as características de qualidade únicas e reconhecidas, há longos anos, à laranja e demais citrinos produzidos neste concelho, nomeadamente a doçura, quantidade de sumo e delicadeza de aromas excecionais.

Recordamos que a III Mostra Silves Capital da Laranja terá a sua inauguração oficial pelas 10h30 do dia 15 de fevereiro. Presentes estarão várias dezenas de expositores ligados à citricultura, vinhos, agricultura, produtos regionais, doçaria, artesanato e gastronomia, bem com algumas associações e entidades locais e regionais.

O evento conta com a parceria da DRAPAlg, UALG, RTA, Agrupamento de Escolas de Silves e Agrupamento de Escolas Silves-Sul. São media partners do evento: Jornal Barlavento, Terra Ruiva e Rua FM.

+ Info: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | tel. 282 440 800 | https://www.cm-silves.pt/pt/pt/menu/1046/3-mostra-silves-capital-da-laranja.aspx

Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time