Dia: 20 de Fev
Algarvemais

Algarvemais

URL do Sítio:

Câmara Municipal de Silves (CMS) a Saúde Escolar

“O Açúcar como um Vilão”

“O Açúcar como um Vilão” é o tema em destaque de um Workshop realizado no âmbito da Saúde Escolar, uma ação promovida pela Câmara Municipal de Silves (CMS), através do setor da Educação, em parceria com o Centro de Saúde de Silves. Este Workshop terá lugar no dia 22 de fevereiro em Armação de Pêra, no Auditório da Escola EB 2,3 António da Costa Contreiras. Nos dias 15 e 29 de março, a Biblioteca Municipal e a Casa-Museu João de Deus (em SB Messines) são os locais que acolherão a iniciativa, que terá lugar sempre das 20h30 às 22h30 e será dinamizado pela Chefe de Pastelaria Saudável Telma Guerreiro.

Relembramos que o workshop tem um limite de 25 participantes em cada sessão e a participação é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Para mais informações, os interessados deverão contactar o sector de Educação da Câmara Municipal de Silves, através do telefone 282 440 800 (ext. 2621) ou do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

JSD Albufeira chama jovens Albufeirenses com programa “Minuto Jovem”.

 

Jovens Social-Democratas Albufeirenses

A JSD Albufeira lançou no passado dia 2 de Fevereiro, o programa semanal “Minuto Jovem”. Este programa será lançado todos os domingos à tarde durante o presente mandato e tem como principal objetivo fazer com que os jovens Albufeirenses abordem durante 1 minuto, diversas temáticas a nível local, regional ou nacional e consigam transmitir a sua opinião e a sua visão de uma forma simples, clara e sem rodeios.

Para os Jovens Social-Democratas Albufeirenses o lançamento do programa “Minuto Jovem” será um “desafio aliciante e trabalhoso, mas que vai ao encontro das linhas orientadoras do projeto deste mandato, no sentido de dar voz aos jovens do concelho de Albufeira e com isso procurar responder às suas necessidades.” É também um projeto que “vai permitir semanalmente, a entrada nos ecrãs de centenas de pessoas do concelho de Albufeira, o que poderá projetar a imagem da JSD Albufeira para outro patamar.”

O programa “Minuto Jovem” já tem duas edições (2 e 10 de Fevereiro) e podem seguir nas páginas oficiais do Facebook e Instagram da JSD Albufeira.

https://www.facebook.com/JSDAlbufeira2018/

https://www.instagram.com/p/BttmadlH0rP/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=1warnq88holn3

Crónica: A vida é uma "Puta"

 

 

 

 

"Ontem foi dia de festa, o "mê menino" , Fernando Chalana, faz hoje 60 anos e antecipou para ontem um jantar onde se reuniram amigos e família, poucos mas bons"
A vida é muito bonita mas também é uma grande "puta", disse ontem a um miúdo, miúdo que carrega nos ombros um fardo demasiado pesado para quem é ainda tão jovem.

Ontem foi dia de festa, o "mê menino" , Fernando Chalana, faz hoje 60 anos e antecipou para ontem um jantar onde se reuniram amigos e família, poucos mas bons. Queria escrever um texto bonito, descrever a festa, brincar com os passos de dança que deu com a mulher, contar as vezes que os olhos brilharam, quase tantas quanto foram as vezes que se humedeceram.

A filha Mariana que (en)cantou, o filho João, sempre discreto, organizou um video com testemunhos de gente grata e solidária. Ia também falar das fake news postas a correr por alguém com responsabilidades no Benfica sobre uma doença, ou melhor, sobre uma mentira, mas a crónica foi completamente atropelada por uma noticia que ainda estou a digerir.

Durante a madrugada, no hospital Egas Moniz, a "puta" deu sinal de vida e hoje de manhã desperto com a noticia da morte de Fernando Peres, um dos maiores idolos do Sporting, mas mais importante, um amigo e pai de um dos meus mais queridos amigos, de quem sou padrinho de casamento. Nestes momentos, de profunda bipolaridade emocional, as palavras escorregam ao sabor das emoções.

Há sempre o egoísmo das memórias comuns, poderia aqui escrever sobre histórias que vivemos em conjunto, mas neste momento penso na Joana, no Pedro, nas duas netinhas, na mulher. Gosto daquela familia.

Gostava muito do senhor Peres, gostava da sua irreverência, gostava do seu entusiasmo da sua inesgotável capacidade de trabalho. E depois penso na "puta" que se esconde dentro da vida, desleal, traiçoeira, que brinca connosco quando lhe apetece, é que para derrubar o Senhor Peres a "puta" teve que insistir muito e durante muito tempo.

Resta o consolo de ter a certeza que lá no sitio onde esta malta se reúne, o senhor Peres vai, com aquele jeitinho mansinho muito dele, revolucionar o sistema celestial. E é muito bem feita, não o tivessem levado tão cedo.

Paulo Leote E Brito

 

Até Já

Francisco Amaral “das tripas coração”

Meus amigos, deixo-vos as palavras do editorial da nova Revista Municipal de Castro Marim.

Chegou ao fim o ano de 2018. Diria, o ano mais terrível da minha vida pública. Estar condicionado por uma maioria de oposição coligada, que teve como único objetivo boicotar, atrasar e destruir o trabalho do executivo, não foi nada fácil. 
Não me atribuíram nenhumas das competências que qualquer presidente de câmara no país tem. As reuniões de câmara, que passaram a semanais quando no resto do país são quinzenais, transformaram-se em autênticos massacres de 4, 5, 6 horas, onde o trabalho produtivo é pouco mais do que nulo e as ofensas são uma constante.

Entre outras decisões, foi chumbada a Unidade Móvel de Saúde, que funcionava bem e ainda hoje ninguém entende porque esteve parada mais de 6 meses e voltou a funcionar sem enfermeiro. A obra da Praia Fluvial de Odeleite foi atrasada mais de 7 meses e por isso ficou mais cara em 250.000 euros. A requalificação do parque da feira, na envolvente da Casa do Sal, foi atrasada 11 meses. A construção do passadiço na frente de mar, que irá ligar Manta Rota a Altura, foi atrasada mais de 7 meses. Alguns concursos de pessoal foram reprovados. E muitos mais exemplos haveria para contar.

Com a alteração das reuniões de câmara para semanais, os serviços administrativos ficaram saturados e sobrecarregados de tanto trabalho, com funcionários esgotados, encontrando-se a ser aprovadas em dezembro atas de reuniões realizadas em março.

Apesar de todos estes contratempos, e com grande esforço da minha vereadora Filomena Sintra, da minha equipa e dos funcionários camarários, fazendo “das tripas coração”, temos realizado a obra possível. Continuamos a levar água potável a mais de 20 povoações. Está a iniciar a obra da ciclovia, que irá ligar Castro Marim e Vila Real de St. António. Estamos a lançar a obra do sistema de rega das Várzeas de Odeleite. A obra da praia fluvial de Odeleite inicia dentro de poucos dias. Estamos a reforçar e a levar água ao Rio Seco, Pisa Barro, etc. Estamos a recuperar o Troço da Muralha do Forte de S. Sebastião.

Pavimentámos as ruas do Monte Francisco e as estradas a norte de Altura. Lançámos as obras de pavimentação das ruas de Odeleite e Azinhal, que começam em breve.

Adquirimos autocarros novos, um deles adaptado ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida, o primeiro no Algarve com estas características.

Requalificámos o espaço exterior da Creche e Jardim de Infância de Castro Marim.

O programa de cessação tabágica já ajudou cerca de 360 pessoas a deixar de fumar, com uma elevada percentagem de êxito.

O ano de 2019, apesar de todas as dificuldades criadas, vai continuar a ser um ano de obras, de novas realizações e de concretização de novos projetos, como por exemplo a renovação da rede de água e saneamento básico na vila de Castro Marim (que se encontra completamente obsoleta, com mais de 50 anos, e que todos os dias rompe) e em Altura, daí a importância da requalificação da sua rua principal. O apoio ao arrendamento e a habitação social serão preocupações constantes. Muito queremos investir na recolha de resíduos sólidos urbanos, novos equipamentos, mais trabalhadores. 
Também este ano irá iniciar a construção da primeira unidade hoteleira na vila de Castro Marim.

Que Deus nos dê forças para levar de vencida esta fase crucial para esta terra, que tão sacrificada tem sido ao longo dos anos e, tal como outras, merece melhores dias, maior desenvolvimento e mais trabalho sério por quem foi eleito para servir Castro Marim.

O meu empenho e da minha equipa são totais. A entrega é total. A defesa de princípios, de valores e do respeito pela condição humana é constante, para fazer de Castro Marim uma terra onde valha cada vez mais a pena viver. 
Conto com o vosso apoio.

Francisco Amaral 
(Presidente da Câmara Municipal de Castro Marim)

Assinar este feed RSS
×

Sign up to keep in touch!

Be the first to hear about special offers and exclusive deals from TechNews and our partners.

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time